Visita guiada à exposição GÉNESIS de Sebastião Salgado

11055314_475092782637692_2700137943423894458_oO MEF em parceria com a TERRA ESPLÊNDIDA realiza hoje às 10h45m, uma visita guiada à exposição GÉNESIS de Sebastião Salgado.

O MEF sugere…

3 propostas fotográficas às quintas-feiras.

Chegamos agora às últimas sugestões do mês de Maio e visitamos três fotógrafos.  William Klein,  Paulo Nozolino e Miguel Rio Branco.

 ::

Para conhecer, sugerimos:

William Klein (19 de Abril de 1928, Nova York, EUA) é um fotógrafo, diretor de cinema e pintor norte-americano de origem húngara, que porém desenvolveu quase toda a sua carreira em Paris, onde vive. A sua alcunha é Bad Boy. A carreira artística de Klein começou em Paris em 1948 onde recebeu formação em pintura. Descobriu a sua paixão pela fotografia no princípio dos anos 1950, tendo inicialmente experimentado a fotografia como meio de expressão abstracta, para logo depois ficar fascinado com as capacidades fotográficas de reproduzir o mundo real. (in: wikipédia)

Gun 1, New York, 1955. William Klein
Gun 1, New York, 1955. William Klein

 ::

Para conhecer, sugerimos: 

Penumbra, de Paulo Nozolino, mostra 45 fotografias feitas nos países árabes ao longo de doze anos, desde Marrocos até ao Iémene, como se de um projecto documental se tratasse, atravessando territórios que ocupam diariamente as primeiras páginas da actualidade. O mito da viagem, com que se cumpria também uma ilustre tradição fotográfica sempre recomeçável, seguindo as pegadas de anteriores fotógrafos viajantes para experimentar a frescura de um olhar próprio, Nozolino trocou-o agora por um mapa preciso. Deixada a «autobiografia nómada», fórmula tantas vezes citada, o itinerário privado do fotógrafo ganhou a dimensão da procura de uma identidade colectiva, a de um povo inteiro, com o qual, aliás, se identifica a ideia de nomadismo. (in: Alexandre Pomar)

penumbra

 ::

Para conhecer, sugerimos: 

Silent Book de Miguel RioBrancoComo sugere o título, Silente Book não tem qualquer texto; conta a sua “história” através de imagens em narrativa livre, revelando o olhar único do artista para retratar um quotidiano sensual, violento, com alguma angústia latino-americanas. Outrora fotógrafo da Agência Magnum, Miguel Rio Branco não pretende documentar, mas captar a subjetividade do real.

MRB

 ::

Movimento de Expressão Fotográfica, 28 de Maio de 2015.

Todas as sugestões da rubrica “O MEF sugere…” estão disponíveis, após a sua publicação, em: 3 propostas fotográficas às quintas-feiras, com acesso ao arquivo por data de publicação.

Uma conversa sobre fotografia asiática

20150527_ConversaAsiática_0003
© Luís Rocha

Aconteceu ontem mais uma atividade do MEF em torno da fotografia. “A Imagem da Ásia”, uma conversa com Bruno Castro sobre fotografia asiática que proporcionou a quem esteve presente uma visão alargada sobre a fotografia produzida na China, entre outros países da Ásia.

20150527_ConversaAsiática_0031
© Luís Rocha

Este evento está integrado no Workshop de Fotografia Documental na China a realizar em Novembro próximo, e foi uma parceria com o Instituto Confúcio (Universidade de Lisboa).

Conversa-Asiática
© Luís Rocha

Estão previstas novas conversas sobre fotografia. A serem anunciadas oportunamente.

Hoje, conversa sobre fotografia asiática “A Imagem da Ásia”

Desde os primórdios da fotografia que o continente asiático foi alvo de um olhar particular, tanto por fotógrafos ocidentais como daquela própria zona do planeta. A Imagem da Ásia propõe-se olhar para vários contributos de fotógrafos, sobretudo chineses, que procuraram ao longo do tempo documentar e interpretar a realidade que os rodeia.

A-Imagem-da-Ásia

Da Shanghai dos anos 30 de Fei Sha à road trip contemporânea de Luo Dan, passando pela Revolução Cultural vista por Weng Naiqiang, a conversa será sempre conseguida com imagens e pelas imagens. A sessão será coordenada por Bruno Castro e Luís Rocha, e é uma oportunidade para contactar com inúmeros projectos fotográficos oriundos da China, Taiwan, Japão, Indonésia e Singapura.

Este evento é de entrada livre e terá hoje lugar na Sala de Actos da Faculdade de Letras (Universidade de Lisboa), entre as 19h  e as 21:00h.

Visita a duas exposições, Navia e Chema Madox

JMNAVIA
NAVIA, fotografías 1991-2006 © Luís Rocha

No passado fim de semana, 23 e 24 de Maio, o MEF fez-se acompanhar de 6 companheiros de viagem e visitou duas exposições em Espanha, NAVIA, fotografías 1991-2006 de José Manuel Navia e CHEMA MADOX 2008-2014 de Chema Madox.

JMNAVIA
Visita à exposição | © Luís Rocha

Um passeio cultural, que contou com a presença em Alcalá de Henares de Navia, Carmen e Marta, a quem agradecemos a partilha e hospitalidade.

JMNAVIA
Vista parcial da exposição | © Luís Rocha

Além das exposições referidas ainda houve tempo para uma visita  ao Museu Reina Sofia.

_DSF0116
Vista a partir do Museu Reina Sofia | © Luís Rocha

Não podemos deixar de agradecer ao nosso amigo e grande companheiro Helder Paulino que disponibilizou o meio de transporte para a nossa viagem.

Marrocos_NAVIA2

Um último agradecimento a NAVIA pela oferta do seu livro “Marruecos” a cada um dos viajantes.

Esta semana acontece…

© Weng Naiqiang
© Weng Naiqiang

A 27 de Maio vamos conversar sobre fotografia asiática, no evento “A Imagem da Ásia”, uma parceria com o Instituto Confúcio (Universidade de Lisboa). Continuar a ler…

© Taschen

 

A 30 de Maio, visitamos a exposição GÉNESIS de Sebastião Salgado, inseridos numa visita guiada em parceria com a TERRA ESPLÊNDIDA . Continuar a ler…

Belém Art Fest, worskshop de fotografia em festivais de música

 

O Movimento de Expressão Fotográfica em colaboração com a Associação Portuguesa de Festivais de Música – APORFEST, promoveu uma nova edição do workshop de fotografia em festivais de música em que a parte prática decorreu durante a 4ª edição do “Belém Art Fest” a 15 e 16 Maio de 2015. É possível aceder ao álbum com uma pequena mostra das imagens realizadas durante o ws na página FB do MEF.BelémArtFest2015©LuísRocha_1407

Diários de Um Quotidiano – Setúbal

 

Diários_de_Setúbal_©LuísRocha_173
©LuísRocha
Diários_de_Setúbal_©LuísRocha_174
©LuísRocha

Até Junho deste ano estamos a dinamizar em Setúbal o projeto fotográfico Diários de Um Quotidiano, com os voluntários do grupo Toma Lá Dá Cá, em parceria com o SEIES. Este projeto consiste em documentar o Bairro do Troino e do Viso.

O MEF sugere…

3 propostas fotográficas às quintas-feiras.

Já a meio do mês de Maio: passeamos pelo trabalho de Annie Leibovitz, viajamos no tempo em Photography: A Cultural History e seguimos viagem até Elvas em visita ao Museu de Fotografia.

 ::

Para conhecer, sugerimos:

At Work de Annie Leibovitz. É um livro que nos fornece a descrição técnica, de como algumas das suas fotografias mais famosas foram feitas, incluindo as circunstâncias que as fotografias foram conseguidas e informações sobre o equipamento fotográfico utilizado. AnnieLeibovitz_AtWork

Demi Moore por © Annie Leibovitz.
Demi Moore por © Annie Leibovitz

 ::

Para conhecer, sugerimos: 

PHOTOGRAPHY: A CULTURAL HISTORY. Este livro foi escrito para dar a conhecer a fotografia. A sua leitura não requer que os interessados possuam algum conhecimento técnico prévio. Incorporando as últimas pesquisas e os usos internacionais da fotografia, o texto examina a história da fotografia, de forma que todos os interessados possam avaliar o contexto histórico e intelectual em que os fotógrafos viviam e trabalhavam.

369F1A56-2D05-46BE-B922-2F44990BA0E0

 ::

Para ver, sugerimos: 

Museu de Fotografia em Elvas. O Museu envolve uma parceria entre a Câmara Municipal de Elvas e a Fundação João Carpinteiro, que cedeu ao Município o espólio apresentado em regime de comodato por um período de 30 anos. Por essa razão e atendendo à qualidade da colecção exposta, a Edilidade atribuiu ao Museu o nome do coleccionador. O Museu desenvolve-se numa área da ordem dos 500 m² e inclui espaços diversificados: para além das salas de exposição, nomeadamente a sala da História da Fotografia, a sala do Coleccionador e a sala da Colecção, dispõe também de zonas de recepção e atendimento, um laboratório para revelação de fotografia a preto e branco, uma pequena zona de reserva e de tratamento de peças e uma pequena biblioteca vocacionada para a temática da fotografia.

museuelvas

 ::

Movimento de Expressão Fotográfica, 21 de Maio de 2015.

Todas as sugestões da rubrica “O MEF sugere…” estão disponíveis, após a sua publicação, em: 3 propostas fotográficas às quintas-feiras, com acesso ao arquivo por data de publicação.

Fotografia documental em Marrocos

Marrocos_Imagem_035
© Luís Rocha

O workshop de fotografia documental em Marrocos, que acontece de 19 a 27 de Setembro de 2015, explora a vertente estética da imagem e o seu carácter documentalista. A exploração fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio-cultural ilustrando o modo de vida da população local. Visitaremos aldeias, cidades, comunidades, onde contactaremos com a população local e com a sua cultura. Esta ação de formação é aberta a todos,  quer a quem tenha conhecimentos de fotografia, quer a quem não possua conhecimento profundos de fotografia e deseja adquiri-los. Para mais informação e inscrições sobre esta ação de formação em viagem marroquina AQUI

Marrocos_Imagem_033
© Luís Rocha

O fotógrafo Mário Galiano no módulo de fotografia de retrato

Estudo para retrato © Nuno Morais
Estudo para retrato © Nuno Morais

O fotógrafo Mário Galiano orienta nos próximos dias 4, 6, 7 e 9 de Junho o módulo de fotografia de retrato. A partir de exercícios específicos, e com base em sessões práticas acompanhadas, o aluno terá a hipótese de criar retratos de atores convidados tendo por base um conceito autoral. Trabalhos práticos com luz artificial, natural e mistura de fontes de luz. Para mais informações sobre o fotógrafo AQUI e sobre o módulo de fotografia de retrato AQUI.

Participação na sociedade actual, o projeto Integrar pela Arte em debate

© LIBERDADE (I)LIMITADA
© LIBERDADE (I)LIMITADA

O Movimento de Expressão Fotográfica apresentou o projeto Integrar pela Arte, neste passado sábado, 16 de Maio, no debate que aconteceu na Escola Superior de Educação de Lisboa sobre a temática: Participação na sociedade actual: acessibilidades aos espaços culturais e à oferta cultural.

Agradecemos à organização o convite para a nossa presença, e damos os parabéns aos restantes intervenientes pela agradável e enriquecedora  partilha de ideias.

Esta semana acontece…

umoutroolhar
© Carlos Ribeiro Silva

 

A 23 e 24 de Maio, realizamos o último passeio da primeira série dos [Passeios Fotográficos] Um Outro Olhar, desta vez com a abordagem a partir da obra de Elliott Erwitt. Continuar a ler…

29 (100x150) Playa de Mira, Portugal, 1996 B606POR1057
© NAVIA, Playa de Mira, Portugal, 1996

 

Também no dia 23 de Maio, organizamos uma visita à exposição “NAVIA. Fotografias 1991-2006″, do fotógrafo espanhol José Manuel Navia. Continuar a ler…

Fotografia de Retrato com o fotógrafo Mário Galiano

FOTOGRAFIA DE RETRATO 

INSCRIÇÕES ABERTAS

FotografiadeRetrato
Atriz Mónica Santos fotografada por © Luís Rocha

 

A 4, 6, 7 e 9 de Junho o fotógrafo Mário Galiano, responsável pela revista mmymagazine orienta o módulo de Fotografia de Retrato do Curso Prático de Fotografia dinamizado pelo MEF.

Este módulo baseia-se essencialmente em sessões práticas e a partir do conceito de retrato, onde aluno terá a hipótese de criar retratos de atores convidados tendo por base um conceito autoral. Trabalho com as diferentes formas de iluminação e construção de diferentes géneros de retrato, serão alguns dos pontos abordados durante a ação de formação.

O MEF sugere…

3 propostas fotográficas às quintas-feiras.

Prosseguimos no mês de Maio com mais 3 sugestões: passeamos em Lisboa e visitamos o seu arquivo fotográfico situado na Rua da Palma,  partimos em busca da fotografia perfeita com o grupo f/64 e   refletimos com o documentário Born into Brothels.

 ::

Para visita, sugerimos:

Arquivo Fotográfico de Lisboa, na rua da Palma, o Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico detém um espólio com um valor patrimonial único para a história da cidade e da fotografia, que recua a 1850 e chega à atualidade através de várias proveniências: leilões, doações, legados, por encomenda pontual ou avenças estabelecidas com alguns fotógrafos e ainda, na atualidade com a recolha sistemática de imagens da cidade, feita pelos fotógrafos do Arquivo. A sua vertente é a divulgação da memória fotográfica de Lisboa, sendo a primeira instituição dedicada à preservação de coleções de fotografias e à sua divulgação, ao nível das instituições congéneres internacionais.

© cm-lisboa

 ::

Para conhecer, sugerimos: 

O Grupo f / 64 foi uma associação fotográfica que foi fundada na Califórnia em 1932, sob a influência de Paul Strand. Ansel Adams, Edward Weston, Imogen Cunningham, Willard Van Dyke, Henry Swift e Sonya Noskowiak foram alguns dos seus membros mais proeminentes. O grupo promoveu a prática da fotografia pura , sem intervenção, em oposição ao pictorialismo.

© Ansel Adams

 ::

Para ver, sugerimos: 

Kids with Cameras – Born into Brothels.  Documentário sobre a vida das crianças do bairro da Luz Vermelha, em Calcutá na Índia. No aparente crescimento económico do país, as crianças são os menos privilegiados, filhos e filhas de prostitutas do bairro mais pobre da cidade. Estas crianças, munidas de câmaras fotográficas fotografam  tudo o que lhes chama à atenção.

DVD_cover

 ::

Movimento de Expressão Fotográfica, 14 de Maio de 2015.

Todas as sugestões da rubrica “O MEF sugere…” estão disponíveis, após a sua publicação, em: 3 propostas fotográficas às quintas-feiras, com acesso ao arquivo por data de publicação.