Esta semana acontece…

© Luís Rocha [
© Luís Rocha [Jorge Palma, Misty Fest 2014]

Workshop de Fotografia em Festivais de Música a 15 e 16 Maio com a prática fotográfica na cobertura completa da 4ª edição “Belém Art Fest”. Continuar a ler…

Marrocos, edição de livro e exposição…

marrocos_seleçãoimagens
© Catarina Correia de Sampaio

Na continuidade dos workshops de fotografia documental do MEF, os participantes do último Ws de Fotografia Documental em Marrocos, finalizaram neste passado domingo, 10 de Maio, a seleção das imagens para a exposição e para publicação em livro. Brevemente anunciaremos as datas do lançamento e da exposição.

 

Módulo de Fotojornalismo com Nelson d´Aires

20150509_Mouraria©LuísRocha_0182
Procissão das velas pelas ruas da freguesia de Santa Maria Maior, © Luís Rocha, 2015

Decorreu neste passado fim de semana a vertente prática do módulo de fotojornalismo com o fotógrafo Nelson d´Aires integrado no Curso Prático de Fotografia. O trabalho fotográfico dentro deste módulo foi realizado no Bairro da Mouraria, onde os participantes construíram a sua reportagem de acordo com o tema escolhido. Amanhã, concluímos esta formação com a edição e análise dos trabalhos realizados.

 

Cartaz Este Espaço que Habito para 2015

cartazweb_eeqh2015

Divulgamos o cartaz do projecto Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito para 2015, o MEF deu assim continuidade à imagem gráfica utilizada em 2013 e 2014, reforçando a identidade visual própria do seu projecto de inclusão pela arte. A imagem gráfica do projecto continua a ser da responsabilidade e desenvolvida por Hélio Oliveira.

O MEF sugere…

3 propostas fotográficas às quintas-feiras.

Iniciamos o mês de Maio com mais 3 sugestões: viajamos até Paris, numa visita à  Maison Européenne de la Photographie, refletimos com O Homem da Câmara de Filmar de Dziga Vertov e olhamos para a obra do artista plástico Man Ray.

 ::

Para visita, sugerimos:

Maison Européenne de la Photographie, localizada no coração histórico de Paris, é um importante centro para a arte fotográfica contemporânea, abriu em Fevereiro de 1996.

Lee Friedlander, Maison Européenne de la Photographie, 1995, 36 tirages gélatino-argentiques Collection MEP © Patrice Maurin-Berthier
Lee Friedlander, Maison Européenne de la Photographie, 1995, 36 tirages gélatino-argentiques
Collection MEP © Patrice Maurin-Berthier

 ::

Para ver, sugerimos: 

O Homem da Câmara de Filmar de Dziga Vertov. Um documentário que nos apresenta um dia normal, bastante típico. Um dia na vida da cidade moderna: primeiro as ruas vazias ao amanhecer que se vão gradualmente enchendo, depois os habitantes de Moscovo, ou de outra cidade soviética no trabalho ou no lazer. São as pessoas comuns na verdade da vida quotidiana.

O Homem da câmara de filmar

 ::

Para conhecer, sugerimos: 

Man Ray, artista plástico norte-americano que passou a maior parte da sua carreira em França. Contribuiu significativamente para o Dadaísmo. Produziu diversas obras numa variedade de processos, mas considerava-se essencialmente pintor, apesar de ser mais conhecido pela sua obra fotográfica. Bastante conhecido pelo seu trabalho com fotogramas, aos quais chamou de “Raygrama” em referência a si mesmo.

© Man Ray
© Man Ray

 ::

Movimento de Expressão Fotográfica, 7 de Maio de 2015.

Todas as sugestões da rubrica “O MEF sugere…” estão disponíveis, após a sua publicação, em: 3 propostas fotográficas às quintas-feiras, com acesso ao arquivo por data de publicação.

Fevereiro de 2016, um documento das roças de São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe, Fotografia Documental

Em 2016 o Movimento de Expressão Fotográfica promove um Workshop de Fotografia Documental em São Tomé e Príncipe. Esta viagem tem como desafio fotográfico o de documentar o quotidiano das roças que são parte integrante da paisagem deste país e ícone cultural e identitário do povo são-tomense [iremos visitar as roças: Plateau, Bombaim, Água Izé, S. João de Angolares, Abade, Sundy, Agostinho Neto, entre outras] onde algumas delas ainda conservam as suas explorações de café e de cacau. Mais informações e inscrições AQUI

 

Um novo passeio fotográfico a partir de Elliott Erwitt a 23 e 24 de Maio

UM OUTRO OLHAR

[PASSEIOS FOTOGRÁFICOS]

Com esta série de passeios fotográficos, pretendeu-se dar a conhecer a obra de vários autores conhecidos por praticarem aquilo que se convencionou chamar “fotografia de rua” e que atualmente conhece uma nova revitalização.

Para além de uma primeira abordagem teórica em que foram mostradas e comentadas as obras de cada um dos autores, desafiámos os participantes a que no terreno executassem imagens com o mesmo espírito do fotógrafo referenciado.

As inscrições para o último passeio e mais informações AQUI

© Carlos Ribeiro Silva
© Carlos Ribeiro Silva

2º Encontro de Fotografia, Diários de um quotidiano

© António Quelhas \ 2º Encontro de Fotografia, Há Festa no Campo
© António Quelhas \ 2º Encontro de Fotografia – Diários de um quotidiano, Há Festa no Campo.

Aconteceu neste passado fim de semana o 2º encontro de fotografia – Diários de um quotidiano, integrado no projeto Há Festa no Campo.

O MEF agradece a todos os participantes, à organização e à comunidade que nos recebeu de forma calorosa, a excelente experiência e extraordinária partilha fotográfica.

Na imagem de António Quelhas, um dos momentos de convívio com alguns dos participantes no encontro.

Nelson d´Aires, módulo de fotojornalismo no MEF

Nelson d´Aires © Luís Rocha
Nelson d´Aires © Luís Rocha

Nesta próxima quinta-feira iniciamos o módulo de fotografia fotojornalista com o fotógrafo Nelson d´Aires. Mais informações e inscrições nesta ação de formação AQUI

Nelson d‘Aires, Vila do Conde, Portugal, 1975.
Formado na área da construção civil, abandona a actividade em 2005. Em 2006 estabelece-se como fotógrafo independente dedicando-se à fotografia documental, cumprindo assim o desejo de se dedicar a tempo inteiro à pesquisa e ao desenvolvimento da Fotografia que começou a aprender no ano de 2002 como autodidacta. No ano de 2006 vence o prémio Novo Talento Fotografia FNAC com a série “Contra-Fogo” (2005) e é também convidado a integrar o colectivo Kameraphoto, onde se manteve até ao final do colectivo (2014) a desenvolver trabalhos colectivos (exposições e livros) tais como “A State of Affairs”(2009), “450”(2009) e “Um Diário da República” (2010/2012). O último trabalho “Kameraphoto no MNAA” do colectivo foi desenvolvido na “MNAA – Olhares Contemporâneos, Residência da Fundação EDP no Museu Nacional de Arte Antiga” com curadoria de Jean-François Chougnet foi coordenado por Nelson d’Aires.
O seu trabalho ao longo dos últimos anos tem vindo a ser premiado nos principais concursos de fotojornalismo português e em 2011 foi premiado com o Prémio Internacional de Fotojornalismo Estação Imagem/Mora, com a reportagem “Leandro”. Em 2012, foi premiado com a Estação Imagem Mora , com a proposta “Álbum de família”.
Nelson d’Aires expõe de forma regular e a sua última exposição individual “Diz-me para ficar” aconteceu na Malaposta em 2014. Está representado em colecções de fotografia tais como BESart e Fundação EDP. Nas exposições colectivas Nelson d’aires está actualmente presente em duas exposições, “O Tempo e o Modo, para Um Retrato da Pobreza Em Portugal” com curadoria de Emília Tavares e Paulo Mendes e “Estranho Lugar” no Centro Cultural de Ílhavo.
Erosão é o seu primeiro livro individual, desenvolvido para o “Um Diário da República em 2012/2013″ com a participação das designers Ana Simões e Raquel Rei.
No presente momento encontra-se a desenvolver trabalhos próprios nos grandes temas da habitação e de alguns efeitos na sociedade portuguesa provocados pelo Programa de Assistência Financeira União Europeia/FMI.

Em Setembro, voltamos a Marrocos

© Luís Rocha / Marrocos, Marraquexe, 2014
© Luís Rocha / Marrocos, Marraquexe, 2014

Em Setembro voltamos a Marrocos para a realização de um trabalho fotográfico documental a ser concretizado em cidades e aldeias de Marrocos.

O workshop de fotografia documental  incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu carácter documentalista, e é aberto a quem tem e a quem não tem conhecimentos profundos de fotografia. Ler mais…

Fotografia PINHOLE no Pedifoto Este Espaço Que Habito

Pedifoto_EEQH_MEF-2015

 

Movimento de Expressão Fotográfica ao longo do seu percurso tem procurado intervir através de atividades ligadas à fotografia, pretendendo estimular o gosto e interesse pela imagem fotográfica e pela dinamização social através da arte. Assim, como divulgação do seu projeto Integrar pela Arte, e procurando proporcionar um dia de convívio entre os que possuem o interesse comum da fotografia, promove o Pedifoto Este Espaço Que Habito em parceria com Arte Graça – Espaço Cultural e Educativo da Junta de Freguesia de São Vicente. Ler mais…

Começa hoje o 2º Encontro de Fotografia, Diários de um quotidiano

20150118_hc3a1festanocampo_0212
© Luís Rocha / 1º Encontro “Diários de Um Quotidiano”

Começa hoje mais uma atividade MEF. Diários de Um Quotidiano, um documento fotográfico sobre 4 comunidades: Tânia Araújo e Luís Rocha trazem até às aldeias o projeto “Diários de um quotidiano”, onde se pretende que os participantes no encontro contactem com as populações, através da fotografia, das aldeias do Barbaído, Chão da Vã, Freixial do Campo e Juncal do Campo, de forma a comporem coletivamente um diário do quotidiano dos habitantes destes lugares. Ler mais…

 

A Imagem da Ásia, uma conversa sobre fotografia asiática

A-Imagem-da-Ásia

O Movimento de Expressão Fotográfica promove a 27 de Maio uma conversa sobre fotografia asiática. O evento, designado como “A Imagem da Ásia”, está integrado no Workshop de Fotografia Documental na China a realizar em Novembro próximo, e é uma parceria com o Instituto Confúcio (Universidade de Lisboa).

O evento é de entrada livre e terá lugar na Sala de Actos da Faculdade de Letras (Universidade de Lisboa), a 27 de Maio, entre as 18:30 e as 21:00h. Ler mais…