UM FOTÓGRAFO ÀS TERÇAS – Aaron Siskind

I may be wrong, but the essential illustrative nature of most documentary photography, and the worship of the object per se, in our best nature photography, is not enough to satisfy the man of today, compounded as he is of Christ, Freud, and Marx.

Aaron Siskind nasceu no início do século XX (1903) em Nova Iorque. Foi o quinto de seis filhos de emigrantes judeus com origem russa. Artisticamente, os seus primeiros amores foram a música e a poesia. A fotografia entra na sua vida graças a uma câmara que lhe foi oferecida como prenda de casamento em 1929. E não perdeu tempo: começou a fotografar na sua lua de mel. Siskind era então professor de inglês. E continuaria a sê-lo (ensinou durante 21 anos) quando começou o seu percurso mais a sério na fotografia, adquirindo uma Voigtlander Avus e associando-se à Film and Photo League. Começou pela fotografia documental. Esta – como se deduz da citação inicial – não a satisfez.

É no início da década de 1940 que o trabalho de Siskind adquire um carácter mais metafórico e abstrato (que se afirmaria como traço mais forte e distintivo da sua obra). Nessa altura convivia frequentemente com expressionistas abstratos como Franz Kline, Barrett Newman, Adolph Gottlieb, Willem de Kooning e Mark Rothko, tendo começado a exibir os seus trabalhos na galleria Charles Egan, especializada nesse movimento artístico. Nova Iorque era o epicentro do expressionismo abstrato e foi no seu seio (e não na comunidade fotográfica) que a sua obra ganhou primeiramente admiração.

Acerca da sua visão fotográfica, Siskind refere: “Move on objects with your eye straight on, to the left, around to the right. Watch them grow large as you approach, group and regroup themselves as you shift your position. Relationships gradually emerge and sometimes assume themselves with finality. And that’s your picture.”

A convite de Harry Callahan (outro ilustre fotógrafo americano), Siskind juntou-se ao corpo docente do Instituto de Design em Chicago em 1951. A arquitectura foi um dos principais focos do seu trabalho na década de 1950. Envolveu-se com os seus estudantes em projectos ambiciosos de documentação das construções da Adler & Sullivan em Chicago ou dos interiores dos edifícios de Mies van der Rohe’s. Viria a assumir a chefia do programa de fotografia quando Callahan abandonou o instituto em 1961. Voltariam a reunir-se em 1971 quando Siskind deixou Chicago para ensinar na Escola de Design de Rhode Island onde Callahan era professor. Siskind permaneceria aí até se aposentar em 1976.

Numa outra série fotografada na década de 1950, “Pleasures and Terrors of Levitation”, fixa, contra um céu limpo, a silhueta escura de mergulhadores suspensos no ar. Captada nas margens do lago Michigan, as faces e corpos contorcidos deixam adivinhar a intenção expressiva de Siskind contida no seu título.

Todavia, as fachadas urbanas, graffiti, figuras isoladas ou muros de pedra seriam o seu principal objecto fotográfico. As fotografias de Siskind são “extracções” que, isoladas do seu contexto, têm um pendor fortemente gráfico e abstrato.

Em 1961, quando já eram amigos de longa data, Siskind quis homenagear Franz Kline fotograficamente. Essa intenção surgiu numa das suas deambulações pelo México, ao passar por San Luis Potosi, deparou com uma parede com pinceladas aleatórias que lhe fizeram recordar a obra do seu amigo. A concretização dessa ideia só teria início, porém, em 1972 numa outra viagem de carro através do México – desta vez por Jalapa. A homenagem a Franz Kline é composta por seis trabalhos, cada um dos quais com a indicação da data e local da sua captação.

Siskind estabeleceu pontes admiráveis com outras formas de expressão plástica. Na verdade, conviveu muito mais com designers, arquitectos ou pintores. As “fronteiras” são sempre terrenos criativamente férteis.

Terrors and Pleasures of Levitation, No. 99
Terrors and Pleasures of Levitation, No. 99
Terrors and Pleasures of Levitation
Terrors and Pleasures of Levitation

Aaron_Siskind_03 Aaron_Siskind_04

Jerome, Arizona 21 -- 1949
Jerome, Arizona 21 — 1949

Aaron_Siskind_06 Aaron_Siskind_07 Aaron_Siskind_08 Aaron_Siskind_09 Aaron_Siskind_10 Aaron_Siskind_11 Aaron_Siskind_12


Os fotógrafos desta rubrica, estão disponíveis, após a sua publicação, em: Um fotógrafo às terças, com acesso ao arquivo por  nome de autor.


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s