3 PROPOSTAS FOTOGRÁFICAS ÀS QUINTAS-FEIRAS: Nª Sra. D’Aires, Capuchos, São Domingos

Avançamos com 3 propostas, mais do que fotográficas, são 3 propostas para fotografar, numa nova secção…

Para fotografar, sugerimos…

© Sofia Quintas | www.pontosdevista.net
© Sofia Quintas | http://www.pontosdevista.net

“O Santuário de peregrinação de Nossa Senhora d’Aires, nos arredores de Viana do Alentejo destaca-se na paisagem, ao dominar uma formosa planície, constante de alegres e férteis terras cultivadas, e que pela sua salubridade e amenidade se lhe deu, em tempos remotíssimos, o nome de Era, que significa Ar (Pinho Leal, vol.X, 1873/1890), Artisticamente, deve ser considerado um dos conjuntos do barroco alentejano, do século XVIII, mais interessante e de maior visibilidade” … “A Casa dos Milagres, bem como as dependências anexas que circundam a capela – mor guardam um número imparável de ex-votos, populares, em diversos materiais, como madeira, chapa de cobre e outros materiais sintéticos, que cronologicamente se situam entre o século XVIII (o mais antigo data de 1735, anterior ao actual templo) e o XXI, o que demonstra, tal como outras manifestações, que este santuário se mantém como um importante local de peregrinação e de fé, nomeadamente dos alentejanos.” (in: património cultural). [Sobre este local de peregrinação, partilhamos o trabalho fotográfico de Sofia Quintas no site pontos de vista: Nossa Senhora D´aires]

::

Para fotografar, sugerimos…

20120518_conventodoscapuchosc2a9luc3adsrocha_06
© Luís Rocha

Convento dos Capuchos, convento franciscano construído em contacto direto com a natureza e de acordo com uma filosofia de extremo despojamento arquitetónico e decorativo. O Convento dos Capuchos, de dimensões reduzidas e notável pela extrema pobreza da sua construção, é também conhecido como “Convento da cortiça”, dado o uso extensivo da cortiça na proteção e decoração dos seus pequenos espaços. A sua rusticidade e austeridade são indissociáveis da vegetação envolvente, numa integração total com a natureza, até ao ponto de incorporar na construção enormes fragas de granito. (in: Parques de Sintra)

::

Para fotografar, sugerimos…

portfolio_luisrocha02
© Luís Rocha

Mina de São Domingos no Alentejo, localiza-se na freguesia de Corte do Pinto, concelho de Mértola, distrito de Beja, em Portugal. A mina e a respectiva aldeia correspondem a um antigo couto mineiro. Possuíam ligação ao porto fluvio-marítimo do Pomarão, no rio Guadiana, por meio de um caminho-de-ferro de via reduzida, com cerca de 15 km de extensão, a Linha São Domingos – Pomarão. (in: wikipédia) Ver também: Centro de Estudos da Mina de São Domingos


Todas as sugestões desta rubrica estão disponíveis, após a sua publicação, em: 3 propostas fotográficas às quintas-feiras, com acesso ao arquivo por tipologia de sugestão.


 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s