Augusto Brázio, no Movimento e Imagem

Sessão IX

MovimentoImagem_AugustoBrazio_Maio2016@BC-3MovimentoImagem_AugustoBrazio_Maio2016@BC-5

Onde nos levam as imagens? Umas inspiram Augusto Brázio, levam-no para outros caminhos, para outros trabalhos. Passeámos, num dia de calor, pelo seu olhar na crise, “por uma revolta… por as coisas definharem” e Bang! uma adolescência levada ao limite. Tivemos ainda oportunidade de ver projetos inéditos. Em cada paragem (projeto), falou-nos dos desafios, fazendo distinção entre as particularidades colocadas no trabalho autoral ou contratado. Partilhou o seu processo de trabalho, que varia de acordo com o assunto fotografado. Nem sempre temos tempo para ficar, para fotografar em paz, como mais se gosta, porém é sempre necessário sair da zona de conforto e ir para as periferias. Fomos!

Texto de Cristina Cabrita com Imagem de Bruno Castro

A sessão decorreu no Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa no dia 03/05/2016


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s