UM FOTÓGRAFO ÀS TERÇAS – Sergio Larrain

“A good picture is born from a state of grace. Grace becomes manifest when one is freed from conventions, free as a child in his first discovery of reality. The game is then to organize the triangle.

Sergio Larrain nasceu em Santiago do Chile, no ano de 1931. Começou por estudar música antes de, em 1949, ter surgido a fotografia. Não permaneceu muito tempo na ribalta. Por opção própria, posou a máquina fotográfica, isolando-se e seguindo um caminho mais místico para a sua existência, preenchida pela prática de meditação e Yoga. As invulgaridades não ficam por aqui: com 17 anos foi estudar silvicultura para Universidade de Berkeley. Enquanto estudante trabalhou em part time (lavava pratos) e foi assim que conseguiu comprar a sua primeira Leica (!): “I saved my first money…and bought my first Leica, not because I wanted to do photos, but because it was the most beautiful object that one could buy (also a typewriter)… for the first time in my life I had money to buy what I wanted.”

Com uma existência um tanto nómada (acompanhando os seus pais), deslocou-se para o Michigan aos 19 anos, daí para a costa leste dos EUA e daí para a Europa. Com 21 anos estava de volta ao Chile, onde viveu um ano numa casa alugada a um camponês. Procurava a solidão e encontrar-se a si próprio. Abriu um laboratório fotográfico em Valparaiso.

O seu descontentamento com a sociedade em geral e a frustração com a dificuldade em ganhar a vida através da fotografia foram crescendo de mãos dadas. Um dia, em desespero de causa, enviou algumas das suas fotografias para o New York Museum of Modern Art. Edward Steichen, então curador, adquiriu duas fotografias para a colecção do museu. Isto seria um ponto de viragem, tendo passado a expor e vindo a ser aceite para membro da agência Magnum (foi Henri Cartier-Bresson a sugerir essa possibilidade). A sua auto-estima estava agora recuperada.

Com 28 anos casou. E com o casamento veio novamente a vontade de isolamento … isolamento esse que, para ele, é indissociável da capacidade de criar: “…People that do creative work, have to isolate themselves, they are all hermits, one way or another…Picasso would live in a world of happiness, with his children and women as you have seen…far from ugliness, sadness…”

Fotografou (sempre a preto e branco), pintou e, especialmente, dedicou-se práticas místicas com a meditação e Yoga. Quando faleceu no início de 2012, com 80 anos, estava retirado da fotografia há três décadas.

Photography is a walk alone in the universe…The conventional world veils your vision, for photography you have to find a way to remove the veil.”

Esta é a forma filosoficamente poética (também na escrita não conseguia deixar de ser elegante) de Larrain dizer que vê a fotografia como um instrumento que nos educa a olhar. A ter uma percepção mais profunda e rica do mundo que nos rodeia. E essa descoberta é mais do que uma descoberta do mundo exterior. É, também (principalmente?) uma descoberta de si próprio. A fotografia fala eloquentemente de quem fotografa…

Por último, o elogio da autenticidade (e com o qual não poderia estar mais de acordo):

Don’t ever force things, otherwise the image would lose its poetry. Follow your own taste and nothing else. You are life and life is what you choose. What you do not like, don’t look at it, it’s no good. You’re the only criterion, but still look at everyone else.”

sergio_larrain_01CHILE. 1961. 
Region of Los Lagos. Island of Chiloe.sergio_larrain_03BOLIVIA. Potosi. 1957.CHILE. Valparaiso. 1954.sergio_larrain_06sergio_larrain_07sergio_larrain_08sergio_larrain_09sergio_larrain_10sergio_larrain_11f 13. jpg.tif


Os fotógrafos desta rubrica, estão disponíveis, após a sua publicação, em: Um fotógrafo às terças, com acesso ao arquivo por  nome de autor. Curadoria de João Jarego.

#umfotografoastercas 


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s