Este Espaço Que Habito no Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico

A partir do próximo dia 11 de Fevereiro apresentamos em Lisboa o trabalho fotográfico desenvolvido nos Centros Educativos com o projeto Este Espaço que Habito. A exposição será composta por estruturas metálicas com imagens à transparência em forma de caixas de luz, que pretendem identificar o trabalho desenvolvido com o processo estenopeico (pinhole). Estará também em projecção, em sala independente da exposição, o documentário realizado durante o projecto e que mostra o processo de trabalho.


web_convite_eeqh_lisboa2017_aml


Exposição “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito” 
Produção: Movimento de Expressão Fotográfica
Imagens: Jovens dos Centros Educativos
Coprodução da exposição: Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico

Documentário “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito”
Realização: Movimento de Expressão Fotográfica
Imagem: Luís Rocha
Produção e montagem: Tânia Araújo
Participação: dos diretores – Rogério Canhões, Ângela Portugal, António Viana e dos técnicos – Maria Moreira, Isabel Ferreira, Paula Teixeira e Eduardo Garrido.
Música: jovens do centro educativo Padre António Oliveira

Financiamento: programa PARTIS – Práticas Artísticas para Inclusão Social da Fundação Calouste Gulbenkian.

Parceria Institucional: Ministério da Justiça/Serviços de Justiça Juvenil


Local: Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico
Morada: Rua da Palma,  246, 1100 – 394 Lisboa
Horário: de segunda a sábado das 10h00 às 19h00
Datas de exposição: 11 de Fevereiro a 25 de Março 2017
Inauguração: 11 de Fevereiro pelas 17h00


O Movimento de Expressão Fotográfica (MEF) desafiou os jovens em cumprimento de medida tutelar de internamento nos Centros Educativos a captarem imagens do espaço onde se encontram e da cidade que os acolhe.

Este desafio lançado no âmbito do projeto “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito” dividiu-se, essencialmente, em quatro partes: na construção de câmaras pinhole por cada um dos jovens, na escolha dos locais a fotografar, na revelação e escolha das imagens captadas e na construção de um diário onde os jovens foram registando o processo criativo e aquilo que foram sentindo e aprendendo ao longo do projeto.

O MEF levou este projeto a 180 jovens dos Centros Educativos das cidades de Lisboa, Coimbra, Guarda e Porto, por onde esta exposição foi passando ao longo dos últimos meses.

Objetivos do projeto
O MEF, numa perspetiva de continuidade de projetos anteriores de Integração pela Arte, pretende com o projeto “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito” trabalhar com os jovens questões como a motivação, o desenvolvimento das capacidades de observação e reflexão das expressões artísticas, mas também o desenvolvimento e descoberta pessoal, a promoção da auto-estima e confiança, bem como a capacidade de partilha e cooperação.

cartaza4_-eeqh_lisboa2017_aml


 #mef #eeqh#esteespacoquehabito #integrarpelaarte #partisfcg


A exposição “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito” vai estar patente no Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico, em Lisboa, de 11 de Fevereiro a 25 de Março 2017.


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s