Exposição Oito e Seis na Galeria Municipal Artur Bual na Amadora

OitoSeis
Na imagem, um dos visitantes da exposição observa o trabalho “Memórias do Eu” de Tânia Araújo. Fotografia de Luís Rocha/MEF

Inaugurou ontem a Exposição Oito e Seis na Galeria Municipal Artur Bual na Amadora. 

de 30 Março a 30 Abril


Autores presentes distribuídos pelos dois pisos da galeria: Ana Rodolfo, Agnieszka Olesiewicz, Cristina Coutinho, Cláudia Pio, Luís Rocha, Paulo Reis, Rita Pedrosa, Tânia Araújo, Catarina C. Sampaio, Nica Paixão, Nuno Correia, Pedro Martins e Rui Pedro Esteves.


Galeria Municipal Artur Bual 
Casa Aprígio Gomes
R. Luís de Camões, n.º 2, Venteira, 
2701-535 Amadora

 

Anúncios

Workshop de Fotografia de Teatro no Fatal – 18º Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa.

Últimas inscrições disponíveis!

O Movimento de Expressão Fotográfica – MEF em colaboração com a Reitoria da Universidade de Lisboa, promove um Workshop de Fotografia de Teatro, para a cobertura fotográfica completa do Fatal – 18º Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa.

ws_mef_tania-araujo_fatal

O Workshop é composto por uma componente teórica de fotografia de cena e por uma parte prática a realizar ao longo de todo o festival. A parte prática é composta por fotografia dos espectáculos que vão fazer parte do festival e por fotografia de reportagem do ambiente que envolve todo o festival.

Serão criadas equipas de trabalho para a cobertura do festival, sendo estas coordenadas no terreno pela formadora Tânia Araújo e em sala de aula pelo formador Luís Rocha.

fatal


Documentos

Programa Completo

Formulário de Inscrição


Datas de formação

De 18 de Abril a 18 de Maio de 2017

Valor do Workshop

125€ (público geral)

110€ (alunos da Universidade Lisboa* / associados do MEF)

Local de Formação

Sessões teóricas e de edição de imagem

Palácio de Laguares/Espaço MEF

Sessões práticas

Mediante programação do FATAL  [página facebook] [site]

Formadores

Luís Rocha [nota biográfica]

Tânia Araújo  [nota biográfica]

Organização

Reitoria da Universidade de Lisboa

Movimento de Expressão Fotográfica – MEF


* desconto na ação de formação mediante a apresentação de um comprovativo de aluno da Universidade de Lisboa.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Email: geral@mef.pt

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA


 

FOTOGRAFAR em MARROCOS

De 25 de Agosto a 3 de Setembro de 2017, voltamos a Marrocos com o objectivo de fotografarmos a cultura Marroquina, exercício  que será orientado por uma equipa de dois formadores do Movimento de Expressão Fotográfica, que acompanharão os projectos fotográficos individuais a desenvolver pelos participantes. Inscrições Abertas. Mais informações em: http://www.mef.pt/mef/workshop-de-fotografia-documental-marrocos

Captura de ecrã 2017-03-28, às 00.55.03
© Luís Rocha, Marrocos 2016

 

PEDIFOTO, sessão de apresentação dos resultados

 

Decorreu no passado sábado a entrega dos rolos e respectivas digitalizações aos concorrentes do PEDIFOTO Este Espaço Que Habito. Agradecemos ao Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico o apoio logístico para este evento.


Maria Filomena Cardosa foi a grande vencedora do 4º PEDIFOTO Este Espaço Que Habito.

(ver imagens AQUI)

Pedifoto EEQH_Premios ©BMC-11
Entrega do diploma a Maria Filomena Cardosa

Imagens de © Bruno Castro

OITO E SEIS – Exposição Colectiva de Fotografia, pormenores da montagem.

montagem__1montagem__5montagem__9montagem_

Suportado por trabalho de laboratório a preto e branco e na tomada de imagens em processo película, desafiámos os participantes à construção de um projeto autoral fundamentado na interpretação de duas obras distintas – “El silencio de las cosas” do fotógrafo Josef Sudek, onde encetámos um diálogo com o recurso ao pensamento contemplativo e que sustentou o fazer artístico e de “Extraños” de Juan Manuel Castro Prieto, que revelou aproximações mais autobiográficas e pessoais – duas abordagens distintas que proporcionaram aos autores um percurso performativo na linguagem fotográfica, desde da tomada de imagem até à impressão final.

Inaugura a 30 de Março, das 18h30m às 20h.

::


Autores presentes: Ana Rodolfo, Agnieszka Olesiewicz, Cristina Coutinho, Cláudia Pio, Luís Rocha, Paulo Reis, Rita Pedrosa, Tânia Araújo, Catarina C. Sampaio, Nica Paixão, Nuno Correia, Pedro Martins e Rui Pedro Esteves.


Galeria Municipal Artur Bual (ver site)

Casa Aprígio Gomes
R. Luís de Camões, n.º 2, Venteira, 
2701-535 Amadora.


Exposição Este Espaço Que Habito no Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico até 25 de Março.

Continua em exposição o trabalho fotográfico desenvolvido nos Centros Educativos com o projeto Este Espaço que Habito. No último dia de exposição, dia 25 de Março, pelas 16horas, revelamos o vencedor do PEDIFOTO Este Espaço Que Habito.

cartaza4_-eeqh_lisboa2017_aml


Exposição Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito

O Movimento de Expressão Fotográfica (MEF) desafiou os jovens em cumprimento de medida tutelar de internamento nos Centros Educativos a captarem imagens do espaço onde se encontram e da cidade que os acolhe. As fotografias podem ser vistas já a partir do próximo dia 11 de Fevereiro, no Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico.

Este desafio lançado no âmbito do projeto “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito” dividiu-se, essencialmente, em quatro partes: na construção de câmaras pinhole por cada um dos jovens, na escolha dos locais a fotografar, na revelação e escolha das imagens captadas e na construção de um diário onde os jovens foram registando o processo criativo e aquilo que foram sentindo e aprendendo ao longo do projeto.

Nesta etapa final é dado a conhecer ao público as imagens que os jovens captaram nas várias cidades por onde o projeto passou. A exposição “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito” vai estar patente no Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico, em Lisboa, de 11 de Fevereiro a 25 de Março 2017.

O MEF levou este projeto a 180 jovens dos Centros Educativos das cidades de Lisboa, Coimbra, Guarda e Porto, por onde esta exposição foi passando ao longo dos últimos meses.

O projeto “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito” é financiado pelo programa PARTIS – Práticas Artísticas para Inclusão Social da Fundação Calouste Gulbenkian.

Objetivos do projeto

O MEF, numa perspetiva de continuidade de projetos anteriores de Integração pela Arte, pretende com o projeto “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito” trabalhar com os jovens questões como a motivação, o desenvolvimento das capacidades de observação e reflexão das expressões artísticas, mas também o desenvolvimento e descoberta pessoal, a promoção da auto-estima e confiança, bem como a capacidade de partilha e cooperação.

Exposição “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito”

Local: Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico

Morada: Rua da Palma,  246, 1100 – 394 Lisboa

Horário: de segunda a sábado das 10h00 às 19h00

Datas de exposição: 11 de Fevereiro a 25 de Março 2017


Workshop de Fotografia de Teatro no Fatal – 18º Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa.

O Movimento de Expressão Fotográfica – MEF em colaboração com a Reitoria da Universidade de Lisboa, promove um Workshop de Fotografia de Teatro, para a cobertura fotográfica completa do Fatal – 18º Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa.

ws_mef_tania-araujo_fatal

O Workshop é composto por uma componente teórica de fotografia de cena e por uma parte prática a realizar ao longo de todo o festival. A parte prática é composta por fotografia dos espectáculos que vão fazer parte do festival e por fotografia de reportagem do ambiente que envolve todo o festival.

Serão criadas equipas de trabalho para a cobertura do festival, sendo estas coordenadas no terreno pela formadora Tânia Araújo e em sala de aula pelo formador Luís Rocha.

fatal


Documentos

Programa Completo

Formulário de Inscrição


Datas de formação

De 18 de Abril a 18 de Maio de 2017

Valor do Workshop

125€ (público geral)

110€ (alunos da Universidade Lisboa* / associados do MEF)

Local de Formação

Sessões teóricas e de edição de imagem

Palácio de Laguares/Espaço MEF

Sessões práticas

Mediante programação do FATAL  [página facebook] [site]

Formadores

Luís Rocha [nota biográfica]

Tânia Araújo  [nota biográfica]

Organização

Reitoria da Universidade de Lisboa

Movimento de Expressão Fotográfica – MEF


* desconto na ação de formação mediante a apresentação de um comprovativo de aluno da Universidade de Lisboa.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Email: geral@mef.pt

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA


 

Fotografar a cultura Marroquina

De 25 de Agosto a 3 de Setembro de 2017, voltamos a Marrocos com o objectivo de fotografarmos a cultura Marroquina, exercício  que será orientado por uma equipa de dois formadores do Movimento de Expressão Fotográfica, que acompanharão os projectos fotográficos individuais a desenvolver pelos participantes. Mais informações em: Marrocos, fotografar a cultura Marroquina.

20160917_marrocosluisrocha_0881
Marraquexe, 2016. © Luís Rocha/MEF

BURUNTUMA – ALGUM DIA SERÁS GRANDE …

C A Ç A D O R

Os Fulas são exímios e corajosos caçadores já que enfrentam as suas presas, muitas vezes nada pacíficas e corpulentas com espingardas bastante rudimentares, muitas delas de “carregar pela boca” o que implicava grande destreza no seu manuseamento.

Os melhores, cedo adquirem a categoria de “Homem Grande”, simultaneamente admirados e temidos, pois ao Caçador é atribuído muitas vezes poderes sobrenaturais dado o seu “desprendimento” pela vida.

F12


Inserida na vertente da fotografia documental que o MEF tem procurado dinamizar nas suas atividades, continuamos a publicação de um pequeno ensaio fotográfico,  imagens e textos do livro “BURUNTUMA – algum dia serás GRANDE …” com autoria de Jorge Ferreira, sócio do MEF.

Ver Mais: BURUNTUMAABASTECIMENTO DE CABUCA;  V U L N E R A B I L I D A D E SRAPARIGA “BAJUDA” FULA; ENFEITES.


Workshop de Fotografia de Teatro no Fatal – 18º Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa.

O Movimento de Expressão Fotográfica – MEF em colaboração com a Reitoria da Universidade de Lisboa, promove um Workshop de Fotografia de Teatro, para a cobertura fotográfica completa do Fatal – 18º Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa.

ws_mef_tania-araujo_fatal

O Workshop é composto por uma componente teórica de fotografia de cena e por uma parte prática a realizar ao longo de todo o festival. A parte prática é composta por fotografia dos espectáculos que vão fazer parte do festival e por fotografia de reportagem do ambiente que envolve todo o festival.

Serão criadas equipas de trabalho para a cobertura do festival, sendo estas coordenadas no terreno pela formadora Tânia Araújo e em sala de aula pelo formador Luís Rocha.

fatal


Documentos

Programa Completo

Formulário de Inscrição


Datas de formação

De 18 de Abril a 18 de Maio de 2017

Valor do Workshop

125€ (público geral)

110€ (alunos da Universidade Lisboa* / associados do MEF)

Local de Formação

Sessões teóricas e de edição de imagem

Palácio de Laguares/Espaço MEF

Sessões práticas

Mediante programação do FATAL  [página facebook] [site]

Formadores

Luís Rocha [nota biográfica]

Tânia Araújo  [nota biográfica]

Organização

Reitoria da Universidade de Lisboa

Movimento de Expressão Fotográfica – MEF


* desconto na ação de formação mediante a apresentação de um comprovativo de aluno da Universidade de Lisboa.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Email: geral@mef.pt

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA


 

workshop de fotografia documental no sudeste asiático (Vietname e Cambodja), de 1 a 17 de Dezembro de 2017.

O workshop tem como objectivo a realização de um projecto fotográfico sobre a cultura do sudeste asiático e será orientado por uma equipa de dois formadores do MEF, que acompanhará os projectos individuais a desenvolver pelos participantes.

O projecto consiste na realização de um trabalho documental a ser realizado em dois países do sudeste asiático, Vietname e Cambodja.

A formação fotográfica incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu carácter documentalista. A abordagem fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio-cultural ilustrando os modos de vida da população local.

Diário de viagem documental construído no Vietname em 2016

[Programa Completo] [Ficha de Inscrição] [Condições e Custos]

::

Datas de viagem

1 a 17 de Dezembro de 2017

Reunião preparatória de viagem

Setembro de 2017

Datas das aulas teóricas antes da viagem

14 e 21 de Novembro de 2017

Custo

O workshop tem o custo individual de 850€ (oitocentos e cinquenta euros), ver condições e custos.

Formadores

Luís Rocha [Formação e Acompanhamento fotográfico]

Tânia Araújo [Produção]

[notas biográficas]


Custo da Viagem

A viagem, com partida de Lisboa para Hanoi (Vietname), e regresso de Siem Riep (Cambodja) para Lisboa, tem o custo previsto de 1050€ (mil e cinquenta euros), sendo que as passagens devem ser adquiridas com antecedência. Aceitam-se inscrições até 31 de Agosto de 2017, de modo a que as passagens sejam compradas todas em conjunto.

Abordagem Fotográfica

Fotografia de Paisagem, Fotografia de Rua, Fotografia de Retrato, Fotografia Documental, Fotografia de Quotidiano.

Destinatários

O workshop de fotografia documental destina-se a todos os viajantes que gostam de fotografar e de partilhar as suas vivências com a população local.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA


FOTOGRAFIA DOCUMENTAL em MARROCOS

De 25 de Agosto a 3 de Setembro de 2017, voltamos a Marrocos com o objectivo de fotografarmos a cultura Marroquina, exercício  que será orientado por uma equipa de dois formadores do Movimento de Expressão Fotográfica, que acompanharão os projectos fotográficos individuais a desenvolver pelos participantes.

Mais informações e inscrições em: http://www.mef.pt/mef/workshop-de-fotografia-documental-marrocos/