Espaços e Fronteiras, mostra fotográfica

cartaz_net

Esta mostra fotográfica reflete as abordagens dos projetos documentais construídos durante a Oficina 2 do Curso de Fotografia Documental e Projecto Pessoal.  Nesta oficina procurámos a construção de uma narrativa fotográfica individual a partir de um território físico e emocional. Pretende-se com esta apresentação, em formato de mostra única, debater com os convidados o processo de trabalho durante a concretização dos projetos fotográficos.


Começamos hoje a divulgação dos trabalhos que podem ser vistos nesta mostra. Cláudia Pio e Rita Castro apresentam dois espaços de trabalho distintos – em “Chão de Areia”, observamos um espaço público e de como este é usufruído pelos seus ocupantes. São imagens registadas de forma espontânea que revelam uma sociedade em transfiguração, numa constante mudança de aparência, ou de forma, mas que tende a ser consistente na sua essência.. Em “3º Esq., sem elevador”, é oferecido um espaço mais próximo, mais refletido na intimidade. Uma observação pessoal construída a partir de um quotidiano observado diariamente. Uma viagem introspectiva, que examina interiormente aquilo que nos é dado a observar. Uma casa.

2017-04-16Cascais23
CHÃO DE AREIA  … conjunto de partículas soltas que formam uma porção de terra a que chamamos praia.  A mesma praia que agrega múltiplas camadas e variadas formas de estar. Cláudia Pio
espaços-e-fronteiras-1
3º ESQ., SEM ELEVADOR (…) No total, foram 7 semanas em que me senti “fechada” em casa. Espaço que adoro, mas cujas fronteiras para o exterior cresceram como nunca imaginei…         Rita Castro

 

Anúncios

workshop de fotografia documental no sudeste asiático (Vietname e Cambodja), de 1 a 17 de Dezembro de 2017.

O workshop tem como objectivo a realização de um projecto fotográfico sobre a cultura do sudeste asiático e será orientado por uma equipa de dois formadores do MEF, que acompanhará os projectos individuais a desenvolver pelos participantes.

O projecto consiste na realização de um trabalho documental a ser realizado em dois países do sudeste asiático, Vietname e Cambodja.

A formação fotográfica incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu carácter documentalista. A abordagem fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio-cultural ilustrando os modos de vida da população local.

Diário de viagem documental construído no Vietname em 2016

[Programa Completo] [Ficha de Inscrição] [Condições e Custos]

::

Existe apenas uma vaga para esta viagem fotográfica!

Datas de viagem

1 a 17 de Dezembro de 2017

Reunião preparatória de viagem

Setembro de 2017

Datas das aulas teóricas antes da viagem

14 e 21 de Novembro de 2017

Custo

O workshop tem o custo individual de 850€ (oitocentos e cinquenta euros), ver condições e custos.

Formadores

Luís Rocha [Formação e Acompanhamento fotográfico]

Tânia Araújo [Produção]

[notas biográficas]


Custo da Viagem

A viagem, com partida de Lisboa para Hanoi (Vietname), e regresso de Siem Riep (Cambodja) para Lisboa, tem o custo previsto de 1050€ (mil e cinquenta euros), sendo que as passagens devem ser adquiridas com antecedência. Aceitam-se inscrições até 31 de Agosto de 2017, de modo a que as passagens sejam compradas todas em conjunto.

Abordagem Fotográfica

Fotografia de Paisagem, Fotografia de Rua, Fotografia de Retrato, Fotografia Documental, Fotografia de Quotidiano.

Destinatários

O workshop de fotografia documental destina-se a todos os viajantes que gostam de fotografar e de partilhar as suas vivências com a população local.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA