“Artes em contexto prisional: experiências cruzadas”

SAMP-LeiriaOrganizado e dinamizado pela SAMP (Sociedade Artística Musical dos Pousos), estivemos na passada segunda-feira, dia 8 de Janeiro, juntamente com a PELE (Estrutura Artística do Porto), com o Chapitô (Instituição Particular de Solidariedade Social) e com representantes da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais / Estabelecimento Prisional de Leiria – Jovens, com Sara Lee ( The Irene Taylor Trust ) e com  Irene Calvis (Responsable del Projecte Social – Fundació Gran Teatre del Liceu – Barcelona) numa Iniciativa Conjunta de Aprendizagem, no âmbito do Programa PARTIS (Fundação Calouste Gulbenkian), numa reflexão partilhada sobre as “Artes em contexto prisional”.


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s