Mini Maratona [foto]MEF, a vontade de percorrer a cidade à procura de uma imagem

fotoMEF_logo

No sábado 24 de Março de 2018 tem lugar a Mini Maratona [foto]MEF, uma competição pela cidade em busca da melhor interpretação do tema proposto.

Esta atividade gratuita, dirigida a todos os públicos, fomenta à participação de todos os que nutrem paixão pela fotografia. Esta atividade está inserida na Feira do Sótão.  O único requisito é ter uma câmara fotográfica e vontade de percorrer a cidade à procura de uma imagem.

Mais informações em: http://www.mef.pt/mef/regulamento-mini-maratona-foto-mef/


 

Foto de Capa, “Is This It” dos The Strokes

28939024_10157562904542588_1265913922_o

Foto de Capa #16: terminamos esta série de fotos de capa icónicas com uma entrada para o novo milénio. “Is This It” (2001) dos The Strokes apresenta uma imagem imediatamente impactante e original, da autoria do fotógrafo norte-americano Colin Lane, ao mesmo tempo que nos transporta para outras referências aqui abordadas em publicações anteriores: a polémica capa de Sticky Fingers dos Stones da autoria de Andy Warhol e o trabalho fotográfico igualmente transgressor de Robert Mapplethorpe. A estes juntamos a influência óbvia da fotografia de Helmut Newton ou não fosse Lane, à semelhança de Newton, um fotógrafo à altura a trabalhar no mundo da moda. O facto adicional de o cantor Julian Casablancas ser filho de um empresário da moda e de uma modelo ajuda a contextualizar a escolha do fotógrafo e da imagem. Apresentando uma imagem a preto e branco, simples e despojada, de uma luva de cabedal negro a pousar sobre a anca nua e pálida de uma mulher, o Ass Shot (assim ficou conhecido) é a imagem certeira para um disco que captura muito o espirito do rock nova-iorquino, dos Velvet Underground (banda protegida de Warhol) a bandas da punk/new wave como Television, The Ramones e Blondie. É o próprio Lane que nos relata, na primeira pessoa, via e-mail, todo o processo fotográfico: “Não houve nenhum conceito por detrás excepto o de tirar uma foto sexy da minha namorada. Tudo se deve às luvas da Chanel. Tinha feito uma sessão de moda para um jornal britânico e o estilista deixou todas as roupas usadas no meu apartamento para vir recolher no dia seguinte. Eu olhei para as luvas, vi a minha namorada nua e pedi-lhe que as calçasse. Convenci-a a deixar-me fazer dez disparos usando uma Polaroid Bigshot e película com positivo/negativo a preto e branco Polaroid 665. O negativo permitiu-me fazer uma impressão em tamanho grande do Ass Shot”. Apesar de a imagem nos parecer mais sexy e estilizada – e eventualmente com um factor de perversão calculada – do que propriamente chocante, a capa acabou por ser censurada em algumas lojas nos Estados Unidos, o que levou a que a banda optasse por lançar o disco com uma capa diferente naquele país. Ou como uma imagem típica da pós-modernidade (pela estilização e pelas supracitadas referências ao passado) despoleta, volvidos trinta anos, a mesma reacção dos ‘pecados originais’ de Warhol e Mapplethorpe (entre outros).

Pedro Nunes


Amigo Pedro.

Foi um enorme privilégio termos a rubrica “Foto de Capa” no nosso blog. A tua contribuição ao longo de 16 partilhas foi de grande significado para a divulgação da fotografia dentro do universo MEF e contribuiu para o conhecimento fotográfico de quem acompanhou semanalmente as tuas capas.

Muito obrigado. Grande Abraço,

Luís Rocha


As Fotos de Capa desta rubrica, estão disponíveis em: FOTO DE CAPA com acesso ao arquivo por ordem de publicação.