Projecto “Diários de Um Interior” com o Dinis Morgado a construir a reportagem sobre o pastorício de ovelhas.

Continuamos no Sardoal com o projecto Diários de Um Interior que pretende promover o diálogo intergeracional entre pais e filhos na construção conjunta de uma história de vida com raízes no concelho.

sardoal_pastor_1

Há sempre imponderáveis nos projectos fotográficos. Chovia bastante na passada quinta-feira pelo que, na construção da reportagem, apenas foi possível realizar a parte da entrevista e do retrato. Acompanhar as ovelhas pelo campo ficou para uma altura que não chova.

sardoal_pastor_2

Diários de um Interior é um projeto fotográfico que consiste em colocar a população local, nomeadamente jovens, pais e professores, a recolher narrativas visuais com base nas suas memórias e no quotidiano atual. Nele, a imagem é usada como forma de expressão das populações para promover a conservação das tradições, costumes e saberes.

sardoal_pastor_3

O MEF foi convidado a constituir parceria neste projecto pela Associação EPSEDUSA para a 3.ª Edição PARTIS – Práticas Artísticas para a Inclusão Social da Fundação Calouste Gulbenkian.


No dia 9 de Janeiro apresentamos o projecto Kutsaca de Moçambique.

Em 2020 o Movimento de Expressão Fotográfica promove o Workshop de Fotografia Documental em Moçambique desta vez em formato de Residência Artística e em parceria com a Kutsaca. Esta viagem tem como desafio fotográfico o de documentar o quotidiano de comunidades em Moçambique, em aldeias e na cidade de Maputo, com particular incidência na aldeia de Mahungo, Vila da Praia do Bilene, Província de Gaza, situada a 300km a norte da capital.

equipa_15

Inserido no Workshop promovemos em Lisboa a apresentação do projecto Kutsaca (que no dialeto local significa Estar Feliz) tratando-se de um projeto de cariz social criado por Susana Cravo, uma empreendedora que acredita que a educação é a melhor forma de mudar mentalidades. Começou há cinco anos com a Escolinha Kutsaca, em Moçambique, mais concretamente na aldeia de Mahungo, na região do Bilene, província de Gaza, onde implementou um projeto educativo de capacitação da comunidade local.

Desde início teve como motivação promover a alfabetização, habilidades pessoais e sociais com crianças dos 3 aos 5 anos, que não tinham qualquer tipo de apoios, e complementar com atividades extracurriculares o processo de desenvolvimento das crianças dos 6 aos 9 anos.
_n4a0786
Susana Cravo estará no MEF no dia 9 de Janeiro, das 20h às 21h, para falar sobre o seu projecto  Kutsaca.


Morada: Rua Norte Júnior, n.º 17 A/D, loja 1, 1950-205 Bairro dos Lóios – Lisboa.


Lançamos uma nova edição do Curso de Iniciação à Fotografia para Março de 2020, às sextas-feiras. Inscrições abertas.

03302019_MEF_0002

Março de 2020, sextas-feiras

Curso de Iniciação à Fotografia pretende dar a conhecer a fotografia enquanto forma diferente de interpretar a realidade. Tirando partido das câmaras fotográficas, os participantes utilizarão a fotografia como meio de exploração do seu próprio quotidiano, fotografando mediante directrizes estéticas apreendidas no curso.

Este curso é constituído por uma parte teórica, em que é dada os princípios básicos da fotografia. Serão realizados três trabalhos práticos em que se aborda a vertente da fotografia digital e da fotografia convencional (com laboratório químico de preto e branco).

Conteúdo programático (resumo)

Os vários tipos de máquinas fotográficas e a sua adequação a cada estilo fotográfico: compactas, SLR /DSLR, câmaras de visor directo (telemétricas), Mirrorless. Objectivas: autofocus e foco manual, luminosidade, distâncias focais. Corpo da máquina: obturador, diafragma, profundidade de campo, congelamento, arrastamento. Fotometria: ISO, controlo da exposição. Acessórios: Flash, filtros. Composição: enquadramento, regras de composição, visualização de trabalhos fotográficos autorais, análise dos exercícios realizados durante a ação de formação. Iluminação: Luz de enchimento, luz lateral e frontal. Luz reflectida e luz direta. Medição de luz: Reflectida e incidente. Temperatura de cor e balanço de brancos. Exercícios práticos com análise e crítica, 3 saídas fotográficas em ambiente urbano e rural.

No final do curso de iniciação à fotografia os formandos deverão estar habilitados a:

·  Identificar os princípios básicos da técnica fotográfica;

·  Trabalhar com os princípios básicos da estética fotográfica;

·  Utilizar a câmara fotográfica em modo manual.

::

[PROGRAMA COMPLETO]    [INSCRIÇÃO]

::

Carga horária

50 Horas

Horário

AulasTeóricas–19h30m/21h30m

AulasLaboratórios–19h30m/22h30m

Datas de Formação

De 20 de Março a 24 de Julho

Dia de Formação

Sexta-feira

Valor da formação

170€


Incluídos

Material didáctico. Material químico de laboratório.

A adquirir

Papel fotográfico de P&B. Rolo fotográfico a preto e branco.


Formadores

Luís Rocha (Teoria e Lab. Digital) [nota biográfica]
Tânia Araújo (Lab. Preto e Branco) [nota biográfica]


Pré-requisitos

Aconselha-se o formando a ter máquina fotográfica manual própria, no entanto o MEF possui material fotográfico que pode disponibilizar nas saídas fotográficas.

Para frequentar o módulo de laboratório digital é necessário o formando possuir computador portátil com os programas gratuitos  RawTherapee , GIMP e XnView MP instalados.


Apresentação da FotoZine #001 Back in USSR with my Phone.

78585082_10220637772116070_3334723530439786496_o

João M Almeida, amigo e companheiro do MEF apresentou recentemente a sua FotoZine #001 Back in USSR with my Phone onde conta em fotografias a história da sua viagem pela União das Repúblicas Socialistas Soviéticas carregando apenas o seu telefone, que encheu de fotografias, numa edição que é já de culto.

back in the USSR with my phone extracto mef-1back in the USSR with my phone extracto mef-2back in the USSR with my phone extracto mef-3back in the USSR with my phone extracto mef-4back in the USSR with my phone extracto mef-5back in the USSR with my phone extracto mef-6back in the USSR with my phone extracto mef-7back in the USSR with my phone extracto mef-8

back in the USSR with my phone extracto mef-9
© João M Almeida

 

WORKSHOP DE FOTOGRAFIA DOCUMENTAL A CABO VERDE

Cabo Verde, Outubro 2020

O workshop tem como objetivo a realização de um projeto fotográfico sobre a cultura de Cabo Verde e será orientado por uma equipa de dois formadores do MEF, que acompanharão os projetos individuais a desenvolver pelos participantes. Na viagem teremos ainda um guia local que nos levará à descoberta da cultura Cabo-verdiana nas ilhas de Santiago e Maio.

Rabelados_Santiago_Cabo-verde_Ines-ramos
© Inês Ramos | Comunidade dos Rabelados de Espinho Branco, Ilha de Santiago

O workshop consiste na realização de um trabalho documental a ser realizado nas duas ilhas de Cabo Verde. O workshop incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu caráter documentalista. A exploração fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio- cultural ilustrando o modo de vida da população local.

O workshop inclui um acompanhamento personalizado com cada um dos participantes, formação teórica e prática, seleção e discussão de imagens.

 


 

[Programa] [Ficha de Inscrição] [Condições e Custos]

 


 

Duração do Workshop

Aulas Práticas: 9 dias de fotografia documental; 3 dias de discussão e visualização de imagens.

Aulas teóricas: 3 aulas de 2h.

Horário do Workshop

Aulas teóricas: 19.30m /21.30m.

Aulas práticas: no decorrer do programa da viagem.

Datas do Workshop e da viagem

1º Encontro para organizar detalhes de viagem: Julho 2020

Datas de viagem: de 3 a 11 de Outubro de 2020

  • Partida de Lisboa a 3 de Outubro
  • Regresso a Lisboa a 11 de Outubro
  • Total de 9 dias em Cabo Verde

Datas das aulas teóricas antes da viagem: 21 e 28 de Setembro 2020

Datas das aulas práticas Cabo Verde: no decorrer do programa da viagem – ver itinerário da viagem.

Datas das aulas teóricas depois da viagem: Novembro 2020

Equipa

Luís Rocha[Formação; Acompanhamento no terreno];

Tânia Araújo [Produção local; Acompanhamento no terreno];

Inês Ramos [Guia local]


Abordagem Fotográfica

Fotografia de Paisagem, Fotografia de Rua, Fotografia de Retrato, Fotografia Documental, Fotografia de Quotidiano.

Destinatários

O workshop de fotografia documental destina-se a todos os viajantes que gostam de fotografar e de partilhar as suas vivências com a população local.

Metodologia de trabalho

Acompanhamento fotográfico personalizado: durante as sessões de fotografia documental, haverá espaço para a leitura de imagens a partir da câmara fotográfica, de modo a optimizar o foco fotográfico para a abordagem do dia seguinte.

Visualização individual de imagens: as sessões individuais de visualização de imagens em computador, têm como objectivo a construção de um olhar mais direcionado para as pretensões de cada participante no workshop. As sessões individuais são abertas à presença e partilha dos restantes participantes.

Apresentação colectiva de imagens: a terminar a viagem, desafiamos os participantes a partilharem entre si, em forma de apresentação, o trabalho documental  desenvolvido durante o workshop.


Local de Formação

Rua Norte Júnior, n.º 17 A/D, loja 1, 1950-205 – Lisboa e Marrocos.

Contactos | Informações

Email geral: geral@mef.pt

Tânia Araújo – 965 831 620 | tania.mef@gmail.com


Em 2020 o Movimento de Expressão Fotográfica promove um novo Workshop de Fotografia Documental ao Irão.

Esta viagem tem como desafio fotográfico a realização de um projecto fotográfico sobre a cultura e costumes iranianos e será orientado, produzido e dinamizado  por uma equipa de três colaboradores do MEF.

IRAO201703
© Luís Rocha. Ponte Khaju, Esfahan, Irão, 2017.

A formação fotográfica incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu carácter documentalista. A abordagem fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio-cultural ilustrando os modos de vida da população local.


Para mais informações e inscrições aceder a: http://www.mef.pt/mef/workshop-de-fotografia-documental-no-irao


Curso Intermédio de Fotografia, Fotografia de Retrato | 16, 18, 19 e 21 de Janeiro.

DSCF0583

O Curso Intermédio de Fotografia abrange cinco áreas da fotografia, sendo indicado para quem pretenda adquirir uma formação técnica de base sólida. O percurso formativo está dividido em cinco oficinas, em regime de “módulos”, que serão cinco espaços de trabalho específicos e completos. Cada módulo fornece ao participante a totalidade das competências propostas em cada um dos temas.  Além da matéria direcionada ao desenvolvimento do tema proposto, há, nas 4 primeiras oficinas, lugar ao tratamento digital da imagem, de forma a obterem-se os resultados pretendidos em cada módulo.

captura-de-ecra-2016-11-13-as-21-01-06

A ação de formação acontece ao terceiro fim de semana de cada mês, com início em Janeiro e término em Maio. Esta ação de formação pode ser frequentada na sua totalidade, percurso que aconselhamos, ou por módulos individuais.

Mais informações em: http://www.mef.pt/mef/curso-intermedio-de-fotografia


Vamos fotografar juntos em Moçambique?

WS-MoçambiqueEm 2020 o Movimento de Expressão Fotográfica promove um novo Workshop de Fotografia Documental desta vez em formato de Residência Artística e em parceria com a Kutsaca, sendo o destino Moçambique. Esta viagem tem como desafio fotográfico o de documentar o quotidiano de comunidades em Moçambique, em aldeias e na cidade de Maputo, com particular incidência na aldeia de Mahungo, Vila da Praia do Bilene, Província de Gaza, situada a 300km a norte da capital.


Mais informações e inscrição: http://www.mef.pt/mef/workshop-de-fotografia-documental-em-mocambique/


WORKSHOP DE FOTOGRAFIA DOCUMENTAL A CABO VERDE

Cabo Verde, Outubro 2020

O workshop tem como objetivo a realização de um projeto fotográfico sobre a cultura de Cabo Verde e será orientado por uma equipa de dois formadores do MEF, que acompanharão os projetos individuais a desenvolver pelos participantes. Na viagem teremos ainda um guia local que nos levará à descoberta da cultura Cabo-verdiana nas ilhas de Santiago e Maio.

Rabelados_Santiago_Cabo-verde_Ines-ramos
© Inês Ramos | Comunidade dos Rabelados de Espinho Branco, Ilha de Santiago

O workshop consiste na realização de um trabalho documental a ser realizado nas duas ilhas de Cabo Verde. O workshop incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu caráter documentalista. A exploração fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio- cultural ilustrando o modo de vida da população local.

O workshop inclui um acompanhamento personalizado com cada um dos participantes, formação teórica e prática, seleção e discussão de imagens.

 


 

[Programa] [Ficha de Inscrição] [Condições e Custos]

 


 

Duração do Workshop

Aulas Práticas: 9 dias de fotografia documental; 3 dias de discussão e visualização de imagens.

Aulas teóricas: 3 aulas de 2h.

Horário do Workshop

Aulas teóricas: 19.30m /21.30m.

Aulas práticas: no decorrer do programa da viagem.

Datas do Workshop e da viagem

1º Encontro para organizar detalhes de viagem: Julho 2020

Datas de viagem: de 3 a 11 de Outubro de 2020

  • Partida de Lisboa a 3 de Outubro
  • Regresso a Lisboa a 11 de Outubro
  • Total de 9 dias em Cabo Verde

Datas das aulas teóricas antes da viagem: 21 e 28 de Setembro 2020

Datas das aulas práticas Cabo Verde: no decorrer do programa da viagem – ver itinerário da viagem.

Datas das aulas teóricas depois da viagem: Novembro 2020

Equipa

Luís Rocha[Formação; Acompanhamento no terreno];

Tânia Araújo [Produção local; Acompanhamento no terreno];

Inês Ramos [Guia local]


Abordagem Fotográfica

Fotografia de Paisagem, Fotografia de Rua, Fotografia de Retrato, Fotografia Documental, Fotografia de Quotidiano.

Destinatários

O workshop de fotografia documental destina-se a todos os viajantes que gostam de fotografar e de partilhar as suas vivências com a população local.

Metodologia de trabalho

Acompanhamento fotográfico personalizado: durante as sessões de fotografia documental, haverá espaço para a leitura de imagens a partir da câmara fotográfica, de modo a optimizar o foco fotográfico para a abordagem do dia seguinte.

Visualização individual de imagens: as sessões individuais de visualização de imagens em computador, têm como objectivo a construção de um olhar mais direcionado para as pretensões de cada participante no workshop. As sessões individuais são abertas à presença e partilha dos restantes participantes.

Apresentação colectiva de imagens: a terminar a viagem, desafiamos os participantes a partilharem entre si, em forma de apresentação, o trabalho documental  desenvolvido durante o workshop.


Local de Formação

Rua Norte Júnior, n.º 17 A/D, loja 1, 1950-205 – Lisboa e Marrocos.

Contactos | Informações

Email geral: geral@mef.pt

Tânia Araújo – 965 831 620 | tania.mef@gmail.com


Curso de Iniciação à Fotografia

 

O Curso de Iniciação à Fotografia pretende dar a conhecer a fotografia enquanto forma diferente de interpretar a realidade. Tirando partido das câmaras fotográficas, os participantes utilizarão a fotografia como meio de exploração do seu próprio quotidiano, fotografando mediante directrizes estéticas apreendidas no curso.

Este curso é constituído por uma parte teórica, em que é dada os princípios básicos da fotografia. Serão realizados três trabalhos práticos em que se aborda a vertente da fotografia digital e da fotografia convencional (com laboratório químico de preto e branco).

Conteúdo programático (resumo)

Os vários tipos de máquinas fotográficas e a sua adequação a cada estilo fotográfico: compactas, SLR /DSLR, câmaras de visor directo (telemétricas), Mirrorless. Objectivas: autofocus e foco manual, luminosidade, distâncias focais. Corpo da máquina: obturador, diafragma, profundidade de campo, congelamento, arrastamento. Fotometria: ISO, controlo da exposição. Acessórios: Flash, filtros. Composição: enquadramento, regras de composição, visualização de trabalhos fotográficos autorais, análise dos exercícios realizados durante a ação de formação. Iluminação: Luz de enchimento, luz lateral e frontal. Luz reflectida e luz direta. Medição de luz: Reflectida e incidente. Temperatura de cor e balanço de brancos. Exercícios práticos com análise e crítica, 3 saídas fotográficas em ambiente urbano e rural.

No final do curso de iniciação à fotografia os formandos deverão estar habilitados a:

·  Identificar os princípios básicos da técnica fotográfica;

·  Trabalhar com os princípios básicos da estética fotográfica;

·  Utilizar a câmara fotográfica em modo manual.

::

[PROGRAMA COMPLETO]    [INSCRIÇÃO]

::

Carga horária

50 Horas

Horário

Aulas Teóricas – 19h30m/21h30m

Aulas Laboratórios – 19h30m/22h30m

Datas de formação

8 de Janeiro a 29 de Abril 2020

NOTA: esta ação de formação interrompe nos dias 4 e 11 de Março retomando de seguida a 18 de Março.

Dia de Formação

Quartas-feiras

Datas das Saídas Fotográficas

19 de Janeiro

2 de Fevereiro

18 e 21 de  Março

Valor da formação

170€

Incluídos

Material didáctico. Material químico de laboratório.

A adquirir

Papel fotográfico de P&B. Rolo fotográfico a preto e branco.

Formadores

Luís Rocha (Teoria e Lab. Digital) [nota biográfica]
Tânia Araújo (Lab. Preto e Branco) [nota biográfica]

Pré-requisitos

Aconselha-se o formando a ter máquina fotográfica manual própria, no entanto o MEF possui material fotográfico que pode disponibilizar nas saídas fotográficas.

Para frequentar o módulo de laboratório digital é necessário o formando possuir computador portátil com o programa  RawTherapee instalado.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Rua Norte Júnior, n.º 17 A/D, r/c, loja 1

1950-205 Bairro dos Lóios – Lisboa


 

Narrativa Fotográfica com Laboratório Preto e Branco com a obra  STORYTELLER  de Duane Michals.

Narrativa Fotográfica com Laboratório Preto e Branco com a obra  STORYTELLER  de Duane Michals.

Na ação de formação Narrativa Fotográfica com Laboratório Preto e Branco tencionamos introduzir, enquanto método de trabalho, situações encenadas e dinâmicas de imagem, na fotografia a preto e branco com suporte em papel fotográfico. 

Partindo da análise da obra “Storyteller” do fotógrafo Duane Michals, pretendemos a construção de um diálogo com o recurso ao pensamento que sustentará o fazer artístico.

Baseado em trabalho de laboratório a preto e branco e na tomada de imagens em processo película, desafiaremos os participantes à construção de um projeto autoral fundamentado na interpretação da obra referida e que possibilitará um percurso performativo na linguagem fotográfica, desde da tomada de imagem até à impressão final.


 [INSCRIÇÃO]


Programa da Formação

Dia 1: Análise da Obra de Duane Michals (23 de Março)

  • A técnica fotográfica;
  • A narrativa;
  • Os processos de construção de imagem;
  • Criatividade pessoal.

Dia 2: Construção de narrativas (30 de Março)

  • Técnicas de experimentação fotográfica em processo de laboratório Preto e Branco;
  • Demonstração de processos de laboratório;
  • Tipos de papel fotográfico;
  • Tipos de acabamentos.

Dia 3: Obtenção de Resultados em Película (6 de Abril)

  • Revelação de películas.

Dia 4: Observação de Resultados I (13 de Abril)

  • Provas de Contacto;
  • Escolha de imagens;
  • Impressão de provas de Leitura.

Dia 5: A fotografia como forma de conhecimento (20 de Abril)

  • Análise crítica ao trabalho desenvolvido.

Dia 6: Obtenção de Resultados em Película (27 de Abril)

  • Revelação de películas.

Dia 7: Observação de Resultados I (4 de Maio)

  • Provas de contacto;
  • Escolha de imagens;
  • Impressão de provas de Leitura.

Dia 8: Observação de Resultados II (11 de Maio)

  • Impressão de provas de Leitura.

Dia 9: A fotografia como forma de conhecimento (18 de Maio)

  • Análise crítica ao trabalho desenvolvido;
  • Edição final das imagens que compõem o trabalho final.

Dia 10: Obtenção dos resultados Finais I (25 de Maio)

  • Impressão das imagens em papel Fotográfico;
  • Técnicas laboratoriais (contrastes, máscaras, processos de experimentação).

Dia 11: Obtenção dos resultados Finais II (1 de Junho)

  • Impressão das imagens em papel Fotográfico;
  • Técnicas laboratoriais (contrastes, máscaras, processos de experimentação).

Dia 12: Obtenção dos resultados Finais III (8 de Junho)

  • Impressão das imagens em papel Fotográfico;
  • Técnicas laboratoriais (contrastes, máscaras, processos de experimentação).

Dia 13: Obtenção dos resultados Finais IV (15 de Junho)

  • Impressão das imagens em papel Fotográfico;
  • Técnicas laboratoriais (contrastes, máscaras, processos de experimentação).

Dia 14: A fotografia como forma de partilha (22 de Junho)

  • Acabamentos e Retoque;
  • Conversa final sobre o trabalho;
  • Discussão do método de apresentação pública do trabalho final realizado.

Nota biográfica

Duane Michals nasceu no ano de 1932 em McKeesport, EUA e afirmou-se como um inovador incansável. O seu contacto com a arte teve início aos 14 anos quando começou a estudar técnica de aguarela em Pittsburgh. A fotografia surgiria de forma ago acidental: foi no decurso de umas férias em que se deslocou à então União Soviética, em 1958, que descobriu o seu interesse pela fotografia. Como tantos outros, iniciou a sua carreira na fotografia comercial. Trabalhou para publicações como a “Esquire” e “Mademoiselle”. Fez a cobertura das filmagens do”The Great Gatsby” para a revista “Vogue”. 

Data de Formação:

De 23 de Março a 22 de Junho de 2020

Consumíveis a adquirir por parte do formando:

Rolos fotográficos de Preto e Branco

Papel Fotográfico 

Material necessário para a elaboração do projeto individual

Consumíveis fornecidos pelo MEF:

Química para revelação e impressão

Horários e dias da formação:

Segundas-feiras – das 19.30h às 23.30h

Horas de Formação:

50h

Nº máximo de participantes:

9

Valor da ação de formação:

200€ sócios

220€ não sócios

Morada

Rua Norte Júnior, n.º 17 A/D, loja 1, 

1950-205 Bairro dos Lóios – Lisboa

Contactos

Tel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

mail:geral@mef.pt


Curso Intermédio de Fotografia

O Curso Intermédio de Fotografia abrange cinco áreas da fotografia, sendo indicado para quem pretenda adquirir uma formação técnica de base sólida. O percurso formativo está dividido em cinco oficinas, em regime de “módulos”, que serão cinco espaços de trabalho específicos e completos. Cada módulo fornece ao participante a totalidade das competências propostas em cada um dos temas.  Além da matéria direcionada ao desenvolvimento do tema proposto, há, nas 4 primeiras oficinas, lugar ao tratamento digital da imagem, de forma a obterem-se os resultados pretendidos em cada módulo.

A ação de formação acontece ao terceiro fim de semana de cada mês, com início em Janeiro e término em Maio. Esta ação de formação pode ser frequentada na sua totalidade, percurso que aconselhamos, ou por módulos individuais.

O Curso será dividido em 5 módulos:

  • Fotografia de Retrato | 16, 18, 19 e 21 de Janeiro
  • Fotografia de Reportagem | 13, 15, 16 e 18 de Fevereiro
  • Fotografia de Paisagem | 19, 21, 22 e 24 de Março
  • Fotografia de Rua | 16, 18, 19 e 21 de Abril
  • Fotografia de Autor | 14, 16, 17 e 19 de Maio

 


PROGRAMA  E CALENDÁRIO |  

INSCRIÇÃO  |  

CONDIÇÕES E CUSTOS |  


Formadores:

Luís Rocha  | Fotografia de Retrato, Fotografia de Reportagem,  Fotografia de Rua, Laboratório Digital de Edição de Imagens.

Tânia Araújo | Fotografia de Retrato, Fotografia de Paisagem, Fotografia de Autor, Laboratório Químico de Preto e Branco.


Horas de Formação:

20h/módulo


Horário:

Quinta-feira | Sessão teórica | 19h30/21h30m.

Sábado | Sessão Prática |  10h/18h.

Domingo | Sessão Prática + Laboratório | 10h/19h.

Terça-feira | Análise dos trabalhos produzidos | 19h30m/21h30m.


Morada:

MEF (Local Formação)

Rua Norte Júnior, n.º 17 A/D, r/c, loja 1

1950-205 Bairro dos Lóios – Lisboa


Contactos:

Tel: 965831620 [Tânia Araújo]

mail: geral@mef.pt

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem


Narrativa Fotográfica com Laboratório Preto e Branco com a obra  STORYTELLER  de Duane Michals.

Narrativa Fotográfica com Laboratório Preto e Branco com a obra  STORYTELLER  de Duane Michals.

Na ação de formação Narrativa Fotográfica com Laboratório Preto e Branco tencionamos introduzir, enquanto método de trabalho, situações encenadas e dinâmicas de imagem, na fotografia a preto e branco com suporte em papel fotográfico. 

Partindo da análise da obra “Storyteller” do fotógrafo Duane Michals, pretendemos a construção de um diálogo com o recurso ao pensamento que sustentará o fazer artístico.

Baseado em trabalho de laboratório a preto e branco e na tomada de imagens em processo película, desafiaremos os participantes à construção de um projeto autoral fundamentado na interpretação da obra referida e que possibilitará um percurso performativo na linguagem fotográfica, desde da tomada de imagem até à impressão final.


 [INSCRIÇÃO]


Programa da Formação

Dia 1: Análise da Obra de Duane Michals (23 de Março)

  • A técnica fotográfica;
  • A narrativa;
  • Os processos de construção de imagem;
  • Criatividade pessoal.

Dia 2: Construção de narrativas (30 de Março)

  • Técnicas de experimentação fotográfica em processo de laboratório Preto e Branco;
  • Demonstração de processos de laboratório;
  • Tipos de papel fotográfico;
  • Tipos de acabamentos.

Dia 3: Obtenção de Resultados em Película (6 de Abril)

  • Revelação de películas.

Dia 4: Observação de Resultados I (13 de Abril)

  • Provas de Contacto;
  • Escolha de imagens;
  • Impressão de provas de Leitura.

Dia 5: A fotografia como forma de conhecimento (20 de Abril)

  • Análise crítica ao trabalho desenvolvido.

Dia 6: Obtenção de Resultados em Película (27 de Abril)

  • Revelação de películas.

Dia 7: Observação de Resultados I (4 de Maio)

  • Provas de contacto;
  • Escolha de imagens;
  • Impressão de provas de Leitura.

Dia 8: Observação de Resultados II (11 de Maio)

  • Impressão de provas de Leitura.

Dia 9: A fotografia como forma de conhecimento (18 de Maio)

  • Análise crítica ao trabalho desenvolvido;
  • Edição final das imagens que compõem o trabalho final.

Dia 10: Obtenção dos resultados Finais I (25 de Maio)

  • Impressão das imagens em papel Fotográfico;
  • Técnicas laboratoriais (contrastes, máscaras, processos de experimentação).

Dia 11: Obtenção dos resultados Finais II (1 de Junho)

  • Impressão das imagens em papel Fotográfico;
  • Técnicas laboratoriais (contrastes, máscaras, processos de experimentação).

Dia 12: Obtenção dos resultados Finais III (8 de Junho)

  • Impressão das imagens em papel Fotográfico;
  • Técnicas laboratoriais (contrastes, máscaras, processos de experimentação).

Dia 13: Obtenção dos resultados Finais IV (15 de Junho)

  • Impressão das imagens em papel Fotográfico;
  • Técnicas laboratoriais (contrastes, máscaras, processos de experimentação).

Dia 14: A fotografia como forma de partilha (22 de Junho)

  • Acabamentos e Retoque;
  • Conversa final sobre o trabalho;
  • Discussão do método de apresentação pública do trabalho final realizado.

Nota biográfica

Duane Michals nasceu no ano de 1932 em McKeesport, EUA e afirmou-se como um inovador incansável. O seu contacto com a arte teve início aos 14 anos quando começou a estudar técnica de aguarela em Pittsburgh. A fotografia surgiria de forma ago acidental: foi no decurso de umas férias em que se deslocou à então União Soviética, em 1958, que descobriu o seu interesse pela fotografia. Como tantos outros, iniciou a sua carreira na fotografia comercial. Trabalhou para publicações como a “Esquire” e “Mademoiselle”. Fez a cobertura das filmagens do”The Great Gatsby” para a revista “Vogue”. 

Data de Formação:

De 23 de Março a 22 de Junho de 2020

Consumíveis a adquirir por parte do formando:

Rolos fotográficos de Preto e Branco

Papel Fotográfico 

Material necessário para a elaboração do projeto individual

Consumíveis fornecidos pelo MEF:

Química para revelação e impressão

Horários e dias da formação:

Segundas-feiras – das 19.30h às 23.30h

Horas de Formação:

50h

Nº máximo de participantes:

9

Valor da ação de formação:

200€ sócios

220€ não sócios

Morada

Rua Norte Júnior, n.º 17 A/D, loja 1, 

1950-205 Bairro dos Lóios – Lisboa

Contactos

Tel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

mail:geral@mef.pt


Curso Intermédio de Fotografia

O Curso Intermédio de Fotografia abrange cinco áreas da fotografia, sendo indicado para quem pretenda adquirir uma formação técnica de base sólida. O percurso formativo está dividido em cinco oficinas, em regime de “módulos”, que serão cinco espaços de trabalho específicos e completos. Cada módulo fornece ao participante a totalidade das competências propostas em cada um dos temas.  Além da matéria direcionada ao desenvolvimento do tema proposto, há, nas 4 primeiras oficinas, lugar ao tratamento digital da imagem, de forma a obterem-se os resultados pretendidos em cada módulo.

A ação de formação acontece ao terceiro fim de semana de cada mês, com início em Janeiro e término em Maio. Esta ação de formação pode ser frequentada na sua totalidade, percurso que aconselhamos, ou por módulos individuais.

O Curso será dividido em 5 módulos:

  • Fotografia de Retrato | 16, 18, 19 e 21 de Janeiro
  • Fotografia de Reportagem | 13, 15, 16 e 18 de Fevereiro
  • Fotografia de Paisagem | 19, 21, 22 e 24 de Março
  • Fotografia de Rua | 16, 18, 19 e 21 de Abril
  • Fotografia de Autor | 14, 16, 17 e 19 de Maio

 


PROGRAMA  E CALENDÁRIO |  

INSCRIÇÃO  |  

CONDIÇÕES E CUSTOS |  


Formadores:

Luís Rocha  | Fotografia de Retrato, Fotografia de Reportagem,  Fotografia de Rua, Laboratório Digital de Edição de Imagens.

Tânia Araújo | Fotografia de Retrato, Fotografia de Paisagem, Fotografia de Autor, Laboratório Químico de Preto e Branco.


Horas de Formação:

20h/módulo


Horário:

Quinta-feira | Sessão teórica | 19h30/21h30m.

Sábado | Sessão Prática |  10h/18h.

Domingo | Sessão Prática + Laboratório | 10h/19h.

Terça-feira | Análise dos trabalhos produzidos | 19h30m/21h30m.


Morada:

MEF (Local Formação)

Rua Norte Júnior, n.º 17 A/D, r/c, loja 1

1950-205 Bairro dos Lóios – Lisboa


Contactos:

Tel: 965831620 [Tânia Araújo]

mail: geral@mef.pt

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem


Vamos fotografar juntos em Moçambique?

WS-MoçambiqueEm 2020 o Movimento de Expressão Fotográfica promove um novo Workshop de Fotografia Documental desta vez em formato de Residência Artística e em parceria com a Kutsaca, sendo o destino Moçambique. Esta viagem tem como desafio fotográfico o de documentar o quotidiano de comunidades em Moçambique, em aldeias e na cidade de Maputo, com particular incidência na aldeia de Mahungo, Vila da Praia do Bilene, Província de Gaza, situada a 300km a norte da capital.


Mais informações e inscrição: http://www.mef.pt/mef/workshop-de-fotografia-documental-em-mocambique/