Arquivo da categoria: A Arte na Inclusão Social

Este Espaço Que Habito no Porto a 28 de Maio

Captura-de-ecrã-2016-05-02-às-18.43.21

A Casa das Artes no Porto acolhe a exposição de fotografia “Este Espaço Que Habito”, apresentada pelo Movimento de Expressão Fotográfica.  Os trabalhos expostos foram desenvolvidos com recurso a fotografia estonopeica e são o resultado do trabalho de jovens em cumprimento de medida tutelar de internamento em cinco centros educativos.

Vão estar expostas fotografias retro iluminadas montadas em estruturas metálicas, em que cada instalação foi construída de forma a lembrar uma câmara fotográfica estenopeica, em que a luz na instalação simboliza a luz necessária para a captura da imagem e as imagens são o resultado desse processo. A exposição é o resultado do projeto Este Espaço Que Habito realizado em 2014 e 2015, sendo o objetivo desta exposição a devolução das imagens aos jovens participantes, ao Centro Educativo Santo António e à cidade do Porto.

O projeto Este Espaço Que Habito tem como parceiro institucional o Ministério da Justiça e financiamento do programa PARTIS – Práticas Artísticas para Inclusão Social da Fundação Calouste Gulbenkian.

Mais informações sobre o projeto

https://integrarpelaarte.wordpress.com/eeqh-2014-2016/apresentacao-este-espaco-que-habito/

____

Datas de exposição

28 de Maio a 28 de Junho

Local

Casa das Artes

Rua Ruben A., 210

4150 – 639 Porto

Horário

Dias úteis: 10h – 12h15/14h30-18h30

Sábado e Domingo: 14h30-18h30


Anúncios

O MEF no Mês da Fotografia em Lisboa

Captura de ecrã 2016-04-27, às 03.19.24

 


Nesta próxima sexta-feira, 29 de Abril às 20h,  o MEF vai participar no próximo Instatalks com o projeto Imagine Conceptuale, um projeto de integrar pela arte.


Recordamos o projeto Este Espaço Que Habito no P3 do Público

integrarpelaarte
Clicar na imagem para aceder ao artigo.

Em 2014, o P3 do Público criou Histórias fechadas dentro de uma pinhole com as imagens realizadas pelos jovens participantes no projeto Este Espaço Que Habito. Recuperamos hoje essa publicação com as fotografias que estiveram expostas em diversos locais, como o Museu Nacional de Machado de Castro em Coimbra, no Mira Forum no Porto, na Galeria Municipal da Guarda, na Assembleia da República em Lisboa, na Bienal de Fotografia em Vila Franca de Xira e na Capela do Palácio Centeno em Lisboa.

Primeiros resultados do projeto Este Espaço Que Habito na Guarda

Este espaço que EU habito!!! Imagem estenopeica (pinhole) realizada por um dos jovens participantes no projeto Este Espaço Que Habito no Centro Educativo do Mondego. Guarda, 2015.
Este espaço que EU habito!!! Imagem estenopeica (pinhole) idealizada e realizada por um dos jovens participantes no projeto Este Espaço Que Habito no Centro Educativo do Mondego. Guarda, 2015.

Revelámos os rolos fotográficos, os primeiros resultados do projeto Este Espaço Que Habito no Centro Educativo do Mondego na Guarda já estão disponíveis. No início da próxima semana fazemos a edição e seleção do trabalho realizado.

Movimento de Expressão Fotográfica quer integrar pela arte, no Jornal da Tarde da RTP

eeqh2015naRTP
Clicar na imagem para aceder à reportagem

Reportagem da RTP sobre o projecto Este Espaço Que Habito, que pretende integrar pela arte jovens que estão a cumprir medidas tutelares de internamento nos centros educativos.

O projeto Este Espaço Que Habito no Isto é PARTIS

Isto_PARTIS
Na esplanada do Centro de Arte Moderna/FCG

 

Aconteceu ontem o 1º dia do Isto é PARTIS, o MEF está presente neste encontro com uma pequena mostra das imagens realizadas pelos jovens com que trabalha nos Centros Educativos através do projeto Este Espaço Que Habito.

 

Em Julho, o MEF no “Isto é PARTIS” da Fundação Calouste Gulbenkian

Isto é PARTIS – Práticas artísticas para a inclusão social

Sexta, 10 jul 2015 às 21:00 | Sábado, 11 jul 2015 às 15:00

Vários espaços na Fundação Calouste Gulbenkian

Durante dois dias (ver programa), vários espaços da Fundação Calouste Gulbenkian vão abrir as portas a projetos de arte que têm como grande objetivo promover a inclusão social. Todos estão ligados ao projeto PARTIS (Práticas artísticas para a inclusão social), que o Programa Gulbenkian Desenvolvimento Humano tem dirigido desde 2013.

O MEF é uma das entidades convidadas para esta mostra com o projeto Este Espaço Que Habito.

cartazweb_eeqh2015

Participação na sociedade actual, o projeto Integrar pela Arte em debate

© LIBERDADE (I)LIMITADA
© LIBERDADE (I)LIMITADA

O Movimento de Expressão Fotográfica apresentou o projeto Integrar pela Arte, neste passado sábado, 16 de Maio, no debate que aconteceu na Escola Superior de Educação de Lisboa sobre a temática: Participação na sociedade actual: acessibilidades aos espaços culturais e à oferta cultural.

Agradecemos à organização o convite para a nossa presença, e damos os parabéns aos restantes intervenientes pela agradável e enriquecedora  partilha de ideias.

Fotografia PINHOLE no Pedifoto Este Espaço Que Habito

Pedifoto_EEQH_MEF-2015

 

Movimento de Expressão Fotográfica ao longo do seu percurso tem procurado intervir através de atividades ligadas à fotografia, pretendendo estimular o gosto e interesse pela imagem fotográfica e pela dinamização social através da arte. Assim, como divulgação do seu projeto Integrar pela Arte, e procurando proporcionar um dia de convívio entre os que possuem o interesse comum da fotografia, promove o Pedifoto Este Espaço Que Habito em parceria com Arte Graça – Espaço Cultural e Educativo da Junta de Freguesia de São Vicente. Ler mais…

O projeto Este Espaço Que Habito na sessão “A Arte na Inclusão Social”

EEQH2015

O Movimento de Expressão Fotográfica esteve presente com o projeto Este Espaço Que Habito na sessão “A Arte na Inclusão Social” que aconteceu no passado dia 16 de Abril no Auditório de Telheiras em Lisboa. 
A Comissão Nacional de Protecção de Crianças e Jovens em Risco e a CML organizam todos os anos o Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância, que inclui Ciclos Culturais, Exposições e Acções de Sensibilização para uma reflexão e diálogo em torno desta questão, que infelizmente se mostra cada vez mais urgente e actual. 
Os Filhos de Lumière (parceiros na organização desta sessão e a quem agradecemos o convite à nossa participação) convidou outras entidades que desenvolvem igualmente projectos de inclusão social através da arte, o que permitiu um diálogo extremamente rico e interessante entre os participantes das várias actividades artísticas (música, cinema, teatro e fotografia). 
O projeto Este Espaço Que Habito tem o apoio do programa PARTIS (Práticas Artísticas para a Inclusão Social) promovido pela F.C.Gulbenkian.

Este Espaço Que Habito na sessão “A Arte na Inclusão Social”

No próximo dia 16 de Abril, entre as 15h e as 18h30, acontece no Auditório Orlando Ribeiro em Telheiras – Lisboa uma sessão integrada no Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância, e que tem como tema “A Arte na Inclusão Social”. 
Nesta sessão irão ser apresentados projectos de intervenção social através da Arte e irá ser feita uma reflexão sobre a sua importância em diferentes áreas do desenvolvimento (pessoal, familiar e comunitário). O programa conta com a mostra do trabalho desenvolvido pelo Teatro IBISCO com jovens de bairros sensíveis de Loures, a apresentação do projecto “Este Espaço Que Habito” pelo Movimento de Expressão Fotográfica (MEF) desenvolvido nos Centros Educativos e com a projecção de filmes desenvolvidos durante as oficinas de iniciação ao cinema com crianças e jovens integradas no projecto “O Mundo à Nossa Volta” promovido pela Associação Os Filhos de Lumière. Ver PROGRAMA…
Estes projectos têm o apoio do programa PARTIS (Práticas Artísticas para a Inclusão Social) promovido pela F.C.Gulbenkian.
eeqh2014_cemondego_pinhole_1
Este Espaço Que Habito | Integrar pela Arte
Uma organização da Comissão Nacional de Protecção de Crianças e Jovens em Risco e da Câmara Municipal de Lisboa, que inclui Ciclos Culturais, Exposições e Acções de Sensibilização para uma reflexão e diálogo em torno desta questão.

Agradecemos à Associação Os Filhos de Lumière o convite à participação nesta sessão.