Arquivo da categoria: Conversas fotográficas

Augusto Brázio, no Movimento e Imagem

Sessão IX

MovimentoImagem_AugustoBrazio_Maio2016@BC-3MovimentoImagem_AugustoBrazio_Maio2016@BC-5

Onde nos levam as imagens? Umas inspiram Augusto Brázio, levam-no para outros caminhos, para outros trabalhos. Passeámos, num dia de calor, pelo seu olhar na crise, “por uma revolta… por as coisas definharem” e Bang! uma adolescência levada ao limite. Tivemos ainda oportunidade de ver projetos inéditos. Em cada paragem (projeto), falou-nos dos desafios, fazendo distinção entre as particularidades colocadas no trabalho autoral ou contratado. Partilhou o seu processo de trabalho, que varia de acordo com o assunto fotografado. Nem sempre temos tempo para ficar, para fotografar em paz, como mais se gosta, porém é sempre necessário sair da zona de conforto e ir para as periferias. Fomos!

Texto de Cristina Cabrita com Imagem de Bruno Castro

A sessão decorreu no Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa no dia 03/05/2016


Sessão IV do Movimento e Imagem

Sessão IV,  a Fotografia enquanto Processo

“Fará certamente bem à maioria dos fotógrafos produzir algumas fotografias estenopeicas. Se não estiverem toldados por preconceitos, ou cegos pela ignorância, não deixarão de sentir a vantagem de tal suavidade de foco”. George Davidson

Assim começou a quarta sessão do Movimento e Imagem, que percorreu todos os cantos da câmara obscura e nos levou para os projetos da Magda Fernandes e do José Domingos: as latas na cidade e a TOSCA. Estes autores partilharam connosco a sua paixão pela fotografia estenopeica. “Podemos ser designers, maquetistas… deixamos de ser escravos do visor…”, explicam. Revelaram-nos os seus processos e os seus sucessos.

José Soudo apresentou o trabalho “Fotografias efémeras”, associado à fotografia perecível – “o tempo incorporado na imagem”. A obtenção de imagens como eram “vistas” nos primórdios. Imagens efémeras… como começaram os nossos antepassados… Um trabalho que pode ser sentido como uma efeméride.

Texto de Cristina Cabrita e Fotografia de Luís Rocha

A sessão decorreu na livraria Ler Devagar no dia 16/02/2016


Ontem, Imagens e Histórias de uma Viagem à China no Movimento e Imagem

movimentoeimagemchina_1

Aconteceu ontem, numa agradável e produtiva troca de ideias sobre fotografia documental, a sessão do Movimento e Imagem dedicada às Imagens e Histórias de uma Viagem à China. Agradecemos a presença dos autores, aos convidados e ao Guilherme Alves pela sua contribuição na análise das imagens produzidas. Dia 19 de Fevereiro marcamos encontro no mesmo lugar à mesma hora, com um novo tema. Imagens do evento de Luís Rocha / MEF.movimentoeimagemchina_2 movimentoeimagemchina_3 movimentoeimagemchina_4

O MEF em conversa na 6ª feira do livro de fotografia de Lisboa

PROGRAMA 

12239738_1203189019697380_5575327899052809714_n

APRESENTAÇÕES E CONVERSAS

No dia 27, 18h30 | Mesa-Redonda.

A PRÁTICA EDITORIAL NO CONTEXTO ACADÉMICO”

com Pedro Tropa (Ar.co), Valter Ventura (Instituto Politécnico de Tomar), Bruno Santos (Escola Artística António Arroio), Paula Roush (London South Bank University), Bruno Sequeira (Atelier de Lisboa), Gonçalo Valverde (MEF) e Susana Gaudêncio (ESAD).

Moderação: Filipa Valladares

No dia 28, 13h00, apresentação dos livros: “Ktabna – o nosso livro”, “Este Espaço que Habito”, “+5H30” com os respectivos autores.

Consulta do programa completo AQUI


Uma imagem para São Tomé e Príncipe, informação corrigida!

12250258_971562402902685_974110434_o

Por lapso, a data indicada para a realização do evento Movimento e Imagem com os autores Tânia Araújo e Luís Rocha: “Uma imagem para São Tomé e Príncipe” foi incorretamente indicada no texto que acompanhava a divulgação.  A sessão realiza-se a 1 de Dezembro de 2015, pelas 19h30m na Livraria Ler Devagar em Lisboa.

Uma Imagem para São Tomé e Príncipe

12250258_971562402902685_974110434_o

Um olhar documental sobre as ilhas de São Tomé e Príncipe marca o início de uma nova parceria do Movimento de Expressão Fotográfica (MEF), com a Livraria Ler Devagar, em Lisboa.
Em Dezembro, começamos o mês com uma Sessão Especial sobre a antiga colónia portuguesa. Os fotógrafos Luís Rocha e Tânia Araújo partilharão a sua imagem de São Tomé e Príncipe, com a projecção do documentário “Kaffa” (30 min, 2007). Os criadores realizaram o filme (que conta com a participação de Pedro dos Reis na montagem) na roça Monte Café, onde acompanharam a produção de café e os seus personagens. O filme recorre a imagens da produção de café naquela data, bem como a imagens de arquivo e entrevistas aos habitantes da comunidade, trabalhadores da roça.
Para além da imagem em movimento, os realizadores terão também oportunidade para partilhar os seus trabalhos fotográficos durante a rodagem, em 2007, e mais de dez anos depois, quando voltaram às ilhas em Fevereiro de 2015, incluídos no Workshop de Fotografia Documental do MEF. São rostos, territórios e personagens são tomenses, documentados ao longo do tempo.

A Sessão Especial “Uma Imagem para São Tomé” é aberta ao público, para partilha e discussão do documentarismo de imagem. Tem lugar dia 3 de Dezembro 2015, a partir das 19h30, na Livraria Ler Devagar (Lx Factory, Lisboa).

Mais informações em Movimento e Imagem.


Uma conversa sobre fotografia asiática

20150527_ConversaAsiática_0003
© Luís Rocha

Aconteceu ontem mais uma atividade do MEF em torno da fotografia. “A Imagem da Ásia”, uma conversa com Bruno Castro sobre fotografia asiática que proporcionou a quem esteve presente uma visão alargada sobre a fotografia produzida na China, entre outros países da Ásia.

20150527_ConversaAsiática_0031
© Luís Rocha

Este evento está integrado no Workshop de Fotografia Documental na China a realizar em Novembro próximo, e foi uma parceria com o Instituto Confúcio (Universidade de Lisboa).

Conversa-Asiática
© Luís Rocha

Estão previstas novas conversas sobre fotografia. A serem anunciadas oportunamente.

Hoje, conversa sobre fotografia asiática “A Imagem da Ásia”

Desde os primórdios da fotografia que o continente asiático foi alvo de um olhar particular, tanto por fotógrafos ocidentais como daquela própria zona do planeta. A Imagem da Ásia propõe-se olhar para vários contributos de fotógrafos, sobretudo chineses, que procuraram ao longo do tempo documentar e interpretar a realidade que os rodeia.

A-Imagem-da-Ásia

Da Shanghai dos anos 30 de Fei Sha à road trip contemporânea de Luo Dan, passando pela Revolução Cultural vista por Weng Naiqiang, a conversa será sempre conseguida com imagens e pelas imagens. A sessão será coordenada por Bruno Castro e Luís Rocha, e é uma oportunidade para contactar com inúmeros projectos fotográficos oriundos da China, Taiwan, Japão, Indonésia e Singapura.

Este evento é de entrada livre e terá hoje lugar na Sala de Actos da Faculdade de Letras (Universidade de Lisboa), entre as 19h  e as 21:00h.

Esta semana acontece…

© Weng Naiqiang
© Weng Naiqiang

A 27 de Maio vamos conversar sobre fotografia asiática, no evento “A Imagem da Ásia”, uma parceria com o Instituto Confúcio (Universidade de Lisboa). Continuar a ler…

© Taschen

 

A 30 de Maio, visitamos a exposição GÉNESIS de Sebastião Salgado, inseridos numa visita guiada em parceria com a TERRA ESPLÊNDIDA . Continuar a ler…

A Imagem da Ásia, uma conversa sobre fotografia asiática

A-Imagem-da-Ásia

O Movimento de Expressão Fotográfica promove a 27 de Maio uma conversa sobre fotografia asiática. O evento, designado como “A Imagem da Ásia”, está integrado no Workshop de Fotografia Documental na China a realizar em Novembro próximo, e é uma parceria com o Instituto Confúcio (Universidade de Lisboa).

O evento é de entrada livre e terá lugar na Sala de Actos da Faculdade de Letras (Universidade de Lisboa), a 27 de Maio, entre as 18:30 e as 21:00h. Ler mais…