Arquivo da categoria: Fotografia Documental

workshop de fotografia documental no sudeste asiático (Vietname e Cambodja), de 1 a 17 de Dezembro de 2017.

O workshop tem como objectivo a realização de um projecto fotográfico sobre a cultura do sudeste asiático e será orientado por uma equipa de dois formadores do MEF, que acompanhará os projectos individuais a desenvolver pelos participantes.

O projecto consiste na realização de um trabalho documental a ser realizado em dois países do sudeste asiático, Vietname e Cambodja.

A formação fotográfica incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu carácter documentalista. A abordagem fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio-cultural ilustrando os modos de vida da população local.

Diário de viagem documental construído no Vietname em 2016

[Programa Completo] [Ficha de Inscrição] [Condições e Custos]

::

Datas de viagem

1 a 17 de Dezembro de 2017

Reunião preparatória de viagem

Setembro de 2017

Datas das aulas teóricas antes da viagem

14 e 21 de Novembro de 2017

Custo

O workshop tem o custo individual de 850€ (oitocentos e cinquenta euros), ver condições e custos.

Formadores

Luís Rocha [Formação e Acompanhamento fotográfico]

Tânia Araújo [Produção]

[notas biográficas]


Custo da Viagem

A viagem, com partida de Lisboa para Hanoi (Vietname), e regresso de Siem Riep (Cambodja) para Lisboa, tem o custo previsto de 1050€ (mil e cinquenta euros), sendo que as passagens devem ser adquiridas com antecedência. Aceitam-se inscrições até 31 de Agosto de 2017, de modo a que as passagens sejam compradas todas em conjunto.

Abordagem Fotográfica

Fotografia de Paisagem, Fotografia de Rua, Fotografia de Retrato, Fotografia Documental, Fotografia de Quotidiano.

Destinatários

O workshop de fotografia documental destina-se a todos os viajantes que gostam de fotografar e de partilhar as suas vivências com a população local.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA


workshop de fotografia documental no sudeste asiático (Vietname e Cambodja), de 1 a 17 de Dezembro de 2017.

O workshop tem como objectivo a realização de um projecto fotográfico sobre a cultura do sudeste asiático e será orientado por uma equipa de dois formadores do MEF, que acompanhará os projectos individuais a desenvolver pelos participantes.

O projecto consiste na realização de um trabalho documental a ser realizado em dois países do sudeste asiático, Vietname e Cambodja.

A formação fotográfica incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu carácter documentalista. A abordagem fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio-cultural ilustrando os modos de vida da população local.

Diário de viagem documental construído no Vietname em 2016

[Programa Completo] [Ficha de Inscrição] [Condições e Custos]

::

Existe apenas uma vaga para esta viagem fotográfica!

Datas de viagem

1 a 17 de Dezembro de 2017

Reunião preparatória de viagem

Setembro de 2017

Datas das aulas teóricas antes da viagem

14 e 21 de Novembro de 2017

Custo

O workshop tem o custo individual de 850€ (oitocentos e cinquenta euros), ver condições e custos.

Formadores

Luís Rocha [Formação e Acompanhamento fotográfico]

Tânia Araújo [Produção]

[notas biográficas]


Custo da Viagem

A viagem, com partida de Lisboa para Hanoi (Vietname), e regresso de Siem Riep (Cambodja) para Lisboa, tem o custo previsto de 1050€ (mil e cinquenta euros), sendo que as passagens devem ser adquiridas com antecedência. Aceitam-se inscrições até 31 de Agosto de 2017, de modo a que as passagens sejam compradas todas em conjunto.

Abordagem Fotográfica

Fotografia de Paisagem, Fotografia de Rua, Fotografia de Retrato, Fotografia Documental, Fotografia de Quotidiano.

Destinatários

O workshop de fotografia documental destina-se a todos os viajantes que gostam de fotografar e de partilhar as suas vivências com a população local.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA


workshop de fotografia documental no sudeste asiático (Vietname e Cambodja), de 1 a 17 de Dezembro de 2017.

O workshop tem como objectivo a realização de um projecto fotográfico sobre a cultura do sudeste asiático e será orientado por uma equipa de dois formadores do MEF, que acompanhará os projectos individuais a desenvolver pelos participantes.

O projecto consiste na realização de um trabalho documental a ser realizado em dois países do sudeste asiático, Vietname e Cambodja.

A formação fotográfica incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu carácter documentalista. A abordagem fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio-cultural ilustrando os modos de vida da população local.

Diário de viagem documental construído no Vietname em 2016

[Programa Completo] [Ficha de Inscrição] [Condições e Custos]

::

Existe apenas uma vaga para esta viagem fotográfica!

Datas de viagem

1 a 17 de Dezembro de 2017

Reunião preparatória de viagem

Setembro de 2017

Datas das aulas teóricas antes da viagem

14 e 21 de Novembro de 2017

Custo

O workshop tem o custo individual de 850€ (oitocentos e cinquenta euros), ver condições e custos.

Formadores

Luís Rocha [Formação e Acompanhamento fotográfico]

Tânia Araújo [Produção]

[notas biográficas]


Custo da Viagem

A viagem, com partida de Lisboa para Hanoi (Vietname), e regresso de Siem Riep (Cambodja) para Lisboa, tem o custo previsto de 1050€ (mil e cinquenta euros), sendo que as passagens devem ser adquiridas com antecedência. Aceitam-se inscrições até 31 de Agosto de 2017, de modo a que as passagens sejam compradas todas em conjunto.

Abordagem Fotográfica

Fotografia de Paisagem, Fotografia de Rua, Fotografia de Retrato, Fotografia Documental, Fotografia de Quotidiano.

Destinatários

O workshop de fotografia documental destina-se a todos os viajantes que gostam de fotografar e de partilhar as suas vivências com a população local.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA


BURUNTUMA – ALGUM DIA SERÁS GRANDE …

C A Ç A D O R

Os Fulas são exímios e corajosos caçadores já que enfrentam as suas presas, muitas vezes nada pacíficas e corpulentas com espingardas bastante rudimentares, muitas delas de “carregar pela boca” o que implicava grande destreza no seu manuseamento.

Os melhores, cedo adquirem a categoria de “Homem Grande”, simultaneamente admirados e temidos, pois ao Caçador é atribuído muitas vezes poderes sobrenaturais dado o seu “desprendimento” pela vida.

F12


Inserida na vertente da fotografia documental que o MEF tem procurado dinamizar nas suas atividades, continuamos a publicação de um pequeno ensaio fotográfico,  imagens e textos do livro “BURUNTUMA – algum dia serás GRANDE …” com autoria de Jorge Ferreira, sócio do MEF.

Ver Mais: BURUNTUMAABASTECIMENTO DE CABUCA;  V U L N E R A B I L I D A D E SRAPARIGA “BAJUDA” FULA; ENFEITES.


workshop de fotografia documental no sudeste asiático (Vietname e Cambodja), de 1 a 17 de Dezembro de 2017.

O workshop tem como objectivo a realização de um projecto fotográfico sobre a cultura do sudeste asiático e será orientado por uma equipa de dois formadores do MEF, que acompanhará os projectos individuais a desenvolver pelos participantes.

O projecto consiste na realização de um trabalho documental a ser realizado em dois países do sudeste asiático, Vietname e Cambodja.

A formação fotográfica incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu carácter documentalista. A abordagem fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio-cultural ilustrando os modos de vida da população local.

Diário de viagem documental construído no Vietname em 2016

[Programa Completo] [Ficha de Inscrição] [Condições e Custos]

::

Datas de viagem

1 a 17 de Dezembro de 2017

Reunião preparatória de viagem

Setembro de 2017

Datas das aulas teóricas antes da viagem

14 e 21 de Novembro de 2017

Custo

O workshop tem o custo individual de 850€ (oitocentos e cinquenta euros), ver condições e custos.

Formadores

Luís Rocha [Formação e Acompanhamento fotográfico]

Tânia Araújo [Produção]

[notas biográficas]


Custo da Viagem

A viagem, com partida de Lisboa para Hanoi (Vietname), e regresso de Siem Riep (Cambodja) para Lisboa, tem o custo previsto de 1050€ (mil e cinquenta euros), sendo que as passagens devem ser adquiridas com antecedência. Aceitam-se inscrições até 31 de Agosto de 2017, de modo a que as passagens sejam compradas todas em conjunto.

Abordagem Fotográfica

Fotografia de Paisagem, Fotografia de Rua, Fotografia de Retrato, Fotografia Documental, Fotografia de Quotidiano.

Destinatários

O workshop de fotografia documental destina-se a todos os viajantes que gostam de fotografar e de partilhar as suas vivências com a população local.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA


workshop de fotografia documental no sudeste asiático (Vietname e Cambodja), de 1 a 17 de Dezembro de 2017.

O workshop tem como objectivo a realização de um projecto fotográfico sobre a cultura do sudeste asiático e será orientado por uma equipa de dois formadores do MEF, que acompanhará os projectos individuais a desenvolver pelos participantes.

O projecto consiste na realização de um trabalho documental a ser realizado em dois países do sudeste asiático, Vietname e Cambodja.

A formação fotográfica incidirá no método de aprendizagem através da prática, explorando a vertente estética da imagem e o seu carácter documentalista. A abordagem fotográfica aponta diretamente na orientação do documentário sócio-cultural ilustrando os modos de vida da população local.

Diário de viagem documental construído no Vietname em 2016
Hoi an, Vietname. © Luís Rocha

[Programa Completo] [Ficha de Inscrição] [Condições e Custos]

::

Datas de viagem

1 a 17 de Dezembro de 2017

Reunião preparatória de viagem

Setembro de 2017

Datas das aulas teóricas antes da viagem

14 e 21 de Novembro de 2017

Custo

O workshop tem o custo individual de 850€ (oitocentos e cinquenta euros), ver condições e custos.

Formadores

Luís Rocha [Formação e Acompanhamento fotográfico]

Tânia Araújo [Produção]

[notas biográficas]


Custo da Viagem

A viagem, com partida de Lisboa para Hanoi (Vietname), e regresso de Siem Riep (Cambodja) para Lisboa, tem o custo previsto de 1050€ (mil e cinquenta euros), sendo que as passagens devem ser adquiridas com antecedência. Aceitam-se inscrições até 31 de Agosto de 2017, de modo a que as passagens sejam compradas todas em conjunto.

Abordagem Fotográfica

Fotografia de Paisagem, Fotografia de Rua, Fotografia de Retrato, Fotografia Documental, Fotografia de Quotidiano.

Destinatários

O workshop de fotografia documental destina-se a todos os viajantes que gostam de fotografar e de partilhar as suas vivências com a população local.


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA


Livro Fotográfico e Curadoria de Exposições, Curso de Fotografia Documental e Projecto Pessoal

Curso de Fotografia Documental e Projecto Pessoal tem por objectivo dotar os alunos de competências específicas para o desenvolvimento da “sua” fotografia no campo documental, bem como prepará-los e acompanhá-los no desenvolvimento de um projecto próprio.

varios-mef-el-silencio-de-las-cosas-josef-sudek-revisitado_2

[Programa completo]   [Formulário de inscrição]

Oficina 3

Livro Fotográfico | As sessões dedicadas a Livro fotográfico farão um breve enquadramento histórico do mesmo, dos primeiros livros às publicações de hoje. Discutir-se-á a Fotografia em papel e o conceito de “livro”, abordando também o lugar do “leitor fotográfico” e a sua visão.

Construção de Fotolivro | Este módulo do curso tem como objectivo final a criação por cada um dos participantes, de um fotolivro com as imagens selecionadas. Falaremos da criação de narrativa através de imagens, da criação de um layout, das ferramentas necessárias para tal e das diferentes possibilidades que os fotolivros apresentam. Este módulo é dividido em três momentos:

  • Apresentação de exemplos de fotolivros; abordagem de diferentes tipos de narrativa e de formas de pensar o livro; abordagem de ferramentas no indd para a criação de um layout gráfico.
  • Acompanhamento individual dos projectos a figurar em livro
  •  Conclusão final do projecto para impressão.

Curadoria de Exposições | Nestas sessões pretendemos, com base nos projectos fotográficos desenvolvidos na Oficina 2, ou a partir de trabalhos realizados em contexto anterior, produzir uma exposição colectiva com os trabalhos fotográficos propostos. Abordaremos a curadoria e a montagem de uma exposição desde a sua vertente de planificação até à prática em espaço expositivo.


Formadores

Bruno Castro – Livro Fotográfico

 [nota biográfica]

Ilhas Studio – Construção de Fotolivro

[nota biográfica] [site]

Cláudia Camacho – Curadoria de Exposições

[nota biográfica]

Nota 2: a impressão final do fotolivro é facultativa. O valor de impressão será suportado pelo participante na Oficina.

Nota 3: O local da exposição final dos trabalhos será anunciado no decorrer do módulo.


Horário

De 5 Maio a 24 de Junho 2016 | 24 horas

19:30h/21:30h – sextas-feiras

13 de Maio, das 15h30m às 17h30m – Sábado

27 de Maio , das 15h30m às 20h30m – Sábado

24 de Junho, das 14h30m às 18h30m – Sábado

Valor Oficina 

180€ (novos alunos / não associados)

160€ (sócios MEF)


Contactos

Telemóvel: 96 583 16 20 (Tânia Araújo)

Para esclarecimentos de dúvidas: Enviar Mensagem

Morada

Palácio de Laguares, R. Prof. Sousa da Câmara, 156

1070 – 215 Campolide, Lisboa.  VER MAPA


BURUNTUMA – ALGUM DIA SERÁS GRANDE …

E N F E I T E S

Às jovens Fulas, desde a mais tenra idade, são-lhes perfurados os lóbulos das orelhas para pendurarem argolas de ouro, prata, cobre ou alumínio conforme as posses da família. Aos cabelos prendem-lhes anilhas, discos, medalhas de ouro ou prata, moedas, contas e missangas, enfeites que revelam uma verdadeira arte feminina de sedução e forte personalidade. Também as fitas garridas, pentes e travessas, contas, missangas e conchinhas são enfeites para o cabelo.

Desde a mais tenra idade até à velhice, o penteado constitui o principal adorno das mulheres Futa-fulas, consumindo-lhes a maior parte do seu tempo de ócio.

O mesmo se constatava entre os Fulas-forros e Fulas–pretos embora de forma não tão aprimorada.

f09


Inserida na vertente da fotografia documental que o MEF tem procurado dinamizar nas suas atividades, continuamos a publicação de um pequeno ensaio fotográfico,  imagens e textos do livro “BURUNTUMA – algum dia serás GRANDE …” com autoria de Jorge Ferreira, sócio do MEF.

Ver Mais: BURUNTUMAABASTECIMENTO DE CABUCA;  V U L N E R A B I L I D A D E SRAPARIGA “BAJUDA” FULA.


BURUNTUMA – ALGUM DIA SERÁS GRANDE …

RAPARIGA “BAJUDA” FULA

As jovens Fulas, bastante elegantes e de tez clara, são chamadas “bajudas” quando ainda solteiras e supostamente “virgens”, tendo porém já sido submetidas à cerimónia da Iniciação (Fanado).

Regra geral, ocupam-se das tarefas domésticas cuidando dos irmãos, providenciando o abastecimento de água e da lavagem da roupa e da “louça”. É habitual encontrarem-se grupos de “bajudas” junto aos cursos de água em grande “algazarra”, realizando essas tarefas caseiras e aproveitando essa pausa nos trabalhos do campo para se banharem.

Constituem um “activo” importante para a família, daí os pais procurarem casá-las com homens socialmente importantes e abastados por forma a receberem um avultado património em dinheiro ou cabeças de gado (TENHE).

f08


Inserida na vertente da fotografia documental que o MEF tem procurado dinamizar nas suas atividades, continuamos a publicação de um pequeno ensaio fotográfico,  imagens e textos do livro “BURUNTUMA – algum dia serás GRANDE …” com autoria de Jorge Ferreira, sócio do MEF.

Ver Mais: BURUNTUMAABASTECIMENTO DE CABUCA;  V U L N E R A B I L I D A D E S.