Arquivo da categoria: Parcerias

Pedifoto Este Espaço Que Habito a 11 de Março no Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico

O Movimento de Expressão Fotográfica ao longo do seu percurso tem procurado intervir através de atividades ligadas à fotografia, pretendendo estimular o gosto e interesse pela imagem fotográfica e pela dinamização social através da arte.

pedifoto-este-espaco-que-habito-2017-mef-web

Assim, como dinamização da exposição Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito, e procurando proporcionar um dia de convívio entre os que possuem o interesse comum da fotografia, promove o Pedifoto Este Espaço Que Habito em parceria com Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico. O pedifoto é realizado em câmara estenopeica (pinhole) construída pelos próprios participantes e serão fornecidos 20 temas que o participante deverá interpretar e fotografar, em rolo fotográfico 35mm cor, ao longo de um dia de actividade.

logos


Documentos

Formulário de Inscrição

Regulamento

Programa Completo


Participantes

Qualquer pessoa pode participar, sendo que menores de idade devem ser acompanhados por um adulto responsável.

Custo da actividade:

20€ para sócios MEF

25€ para não sócios

(Inclui filme fotográfico de negativo cor de 36 exposições; material de construção de câmara estenopeica (pinhole); revelação e digitalização do filme fotografado no pedifoto). Cada participante fica com a câmara escura que constrói na actividade, o filme revelado e respectiva digitalização dos negativos.

Dia de realização do Pedifoto:

11 de Março 2017

Mais informações

965 831 620 – Tânia Araújo | geral@mef.pt


Anteriores edições (trabalhos vencedores)

1º Pedifoto EEQH, Manuel Pata

2º Pedifoto EEQH, Marina Luzia

3º Pedifoto EEQH, Isabel Correia


O Pedifoto Este Espaço Que Habito é uma atividade integrada no projeto Este Espaço Que Habito – Integrar pela Arte. Este projeto conta com o financiamento do programa: PARTIS – práticas artísticas para a inclusão social da Fundação Calouste Gulbenkian e tem como parceiro institucional o Ministério da Justiça/Serviços de Justiça Juvenil.


 

Anúncios

Apresentação de Projetos Autorais – El Silêncio de Las Cosas, Josef Sudek, Revisitado; Narrativas e Tariq.

14633156_1457474454268834_3606279313544049851_o
7ª FEIRA DO LIVRO DE FOTOGRAFIA DE LISBOA 25, 26 e 27 de novembro de 2016

Sábado, dia 26 de novembro às 12h30 na sala de Leitura do Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico, haverá a partilha de 3 projetos do MEF, entre outras apresentações. Rui Esteves apresenta “Narrativas” a partir da obra Extraños de Juan Manuel Castro Prieto, Rita Pedrosa apresenta “El silêncio de las cosas, Josef Sudek, revisitado” com base na obra homónima de Josef Sudek e Inês Albuquerque apresenta “TARIQ”, viagem documental em Marrocos em Setembro de 2015.

Mais informações em: https://www.facebook.com/LisbonPhotobookFair


o MEF no II Ciclo de Conferências da ADSFAN

_dsf7548-2
© Liliana Salvador

Foi com o maior gosto que estivemos presentes no “II Ciclo de Conferências” organizado pela Associação de Desenvolvimento Social da Freguesia de A-dos-Negros. Na imagem, Tiago Santos, apresenta o projecto Este Espaço Que Habito, um projeto MEF integrado no PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian.


 

Mês da Fotografia 2016, O Ensino da Fotografia em Portugal

13724112_506766552867805_3020428413060227424_oFomos convidados pela Divisão de Programação Cultural da Câmara Municipal a estar presentes na iniciativa inserida no Mês da Fotografia  do Barreiro 2016: “O Ensino da Fotografia em Portugal”,  que acontece a 27 novembro, domingo entre as16h00 e as 19h00 com Entrada livre, no Auditório Municipal Augusto Cabrita. José Oliveira, formador e membro da direção, estará a representar o MEF neste debate VER PROGRAMA.

O ENSINO DA FOTOGRAFIA EM PORTUGAL

Moderação: Arlindo Pinto

Atualmente, com a grande expansão da fotografia em Portugal, são inúmeras as instituições que apostam na sua formação, cada uma com uma abordagem própria. Desta forma, foram convidadas várias escolas a participarem numa conversa informal sobre o tema.
Para o evento estarão representadas diversas escolas de fotografia portuguesas: Associação Portuguesa de Arte Fotográfica (António Lopes), Movimento de Expressão Fotográfica  (José Oliveira), Ateliê de Lisboa (Bruno Sequeira), Ar.co (José Soudo), Cenjor – Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas (Flávio Andrade), Universidade IADE (Nuno Saldanha), Instituto Politécnico de Tomar (Valter Ventura), Instituto Português de Fotografia (Mário Sarmento) e Universidade Lusófona (Orlando Franco).


O Imagine Conceptuale na Revista GERADOR n. 9

DSCF0972
© Luís Rocha / MEF
“Qualquer pessoa cega ou normovisual tem o direito de dizer “imagino-me assim”. E imaginar é ter imagens”.
 
O projeto Imagine Conceptuale é notícia na AGENDA PARCEIROS da Revista GERADOR, número #9, Julho a Setembro 2016.
 

1936, o Ano da morte de Ricardo Reis

13585214_10157096978680716_3026935724193525792_o

O Movimento de Expressão Fotográfica, com fotografias de Luís Rocha, colaborou com a Companhia de Teatro A Barraca, no novo espectáculo “1936, o Ano da morte de Ricardo Reis“, a partir do romance de José Saramago, um espectáculo de Hélder Costa, no encontro inquieto do defunto Fernando Pessoa com o único heterónimo que lhe sobreviveu.

13502805_10157096969980716_8830036580273998003_o


 

Apresentação de trabalhos, PEDIFOTO

Amanhã, dia 5 de Julho, na Biblioteca Camões em Lisboa, às 19:30, serão apresentados os trabalhos fotográficos do PEDIFOTO Este Espaço Que Habito realizado no passado dia 25 de Junho.

O vencedor com o melhor rolo está encontrado e será divulgado amanhã. Publicamos 3 imagens como exemplo dos trabalhos produzidos.

Os trabalhos foram realizados em câmara estenopeica (pinhole) construída pelos próprios participantes e foram fornecidos 20 temas que o participante interpretou e fotografou em rolo fotográfico 35mm cor.

Marco-Franco
© Marco Franco
Joana-Valeriano
© Joana Valeriano
Isabel-Correia
© Isabel Correia

Um agradecimento a todos os participantes,  ao Thales Soares, à Sara Camarinha e ao Bruno Abreu.

Apoio à Atividade:

NOVO_cml+blx sem municipal

Biblioteca Camões

10380039_743012785762051_2980202408364555391_o

Baliza Café Bar


O Pedifoto Este Espaço Que Habito é uma atividade integrada no projeto Este Espaço Que Habito – Integrar pela Arte. Este projeto conta com o financiamento do programa: PARTIS – práticas artísticas para a inclusão social da Fundação Calouste Gulbenkian e tem como parceiro institucional o Ministério da Justiça/Serviços de Justiça Juvenil.

‪#‎mef‬  ‪#‎pedifotoesteespacoquehabito‬ ‪#‎PARTISFCG‬


Biblioteca Camões
Largo do Calhariz, 17 – 1º Esq.
1200-086 Lisboa
(Freguesia da Misericórdia)


Notícias MEF: Gerador, Paulo Pimenta e PARTIS

Iniciamos este ano de 2016 com a divulgação de três notícias que nos deixam bastante contentes: 12377702_560497894114348_8228591321660050971_o

O Movimento de Expressão Fotográfica é agora um parceiro GERADOR, plataforma de acção e comunicação para a cultura portuguesa. É bom fazer parte deste momento. Brevemente anunciaremos as atividades construídas no âmbito desta parceria.

Captura de ecrã 2016-01-07, às 01.22.54

O repórter fotográfico Paulo Pimenta, do jornal Público, junta-se a ao Movimento de Expressão Fotográfica como fotógrafo convidado do curso de Fotografia Documental e Projecto Pessoal, Oficina 2 com a partilha do seu “Um Olhar Fotográfico”. Temos um enorme prazer contar com a partilha fotográfica dos nossos convidados nesta ação de formação: Nelson d´Aires; Ângelo Lucas; João Mariano; Clara Azevedo; Céu Guarda; Paulo Pimenta e Tânia Araújo.

PARTISII

O projeto “Integrar pela arte – Imagine Conceptuale“, que será dinamizado pelo Movimento de Expressão Fotográfica nos próximos 3 anos é apoiado pelo programa de apoio a projetos sociais destinados à integração social através das práticas artísticas da Fundação Calouste Gulbenkian. Decorre hoje a primeira reunião de trabalho com as entidades que são parte integrante da IIª Edição do Programa PARTIS.


Encontro Movimento e Imagem, Uma imagem para São Tomé e Príncipe

No primeiro evento desta série de apresentações do Movimento e Imagem que o MEF dinamizará na Livraria Ler Devagar (ver programa), os fotógrafos Luís Rocha e Tânia Araújo partilharam no passado dia 1 de Dezembro a sua imagem de São Tomé e Príncipe, com a projecção do documentário “Kaffa” (30 min, 2007) e a exibição de alguns dos trabalhos fotográficos desenvolvidos durante o workshop de fotografia documental em São Tomé e Príncipe.

Agradecemos a presença de todos e marcamos encontro para o próximo dia 15 de Dezembro no mesmo local para a apresentação oficial do número 4 da Revista TEMA, encontro que contará com diversos pontos de interesse, a divulgar brevemente.

Reportagem fotográfica de © Cristina Cabrita

STP2015©CristinaCabrita_1 STP2015©CristinaCabrita_2 STP2015©CristinaCabrita_3 STP2015©CristinaCabrita_4 STP2015©CristinaCabrita_5


O MEF esteve presente na masterclass da Barbado Gallery

Captura de ecrã 2015-12-01, às 09.55.58No passado sábado, alguns colaboradores e amigos do MEF, participaram na masterclass “The Power of Three: Project vs Pathway” de Arno Rafael Minnkinen promovida pela Barbado Gallery. Agradecemos a João Barbado o convite para esta iniciativa.

Disponível a documentação sobre a exposição deste fotógrafo na Barbado Gallery, AQUI:

 28 NOV. | 30 JAN.

“ARNO RAFAEL MINKKINEN – Facing the camera: 1970 to tomorrow”

© Cristina Cabrita
Masterclass Arno Rafael Minnkinen, © Cristina Cabrita

Recordamos o projeto Este Espaço Que Habito no P3 do Público

integrarpelaarte
Clicar na imagem para aceder ao artigo.

Em 2014, o P3 do Público criou Histórias fechadas dentro de uma pinhole com as imagens realizadas pelos jovens participantes no projeto Este Espaço Que Habito. Recuperamos hoje essa publicação com as fotografias que estiveram expostas em diversos locais, como o Museu Nacional de Machado de Castro em Coimbra, no Mira Forum no Porto, na Galeria Municipal da Guarda, na Assembleia da República em Lisboa, na Bienal de Fotografia em Vila Franca de Xira e na Capela do Palácio Centeno em Lisboa.

Este Espaço Que Habito regressa a Lisboa e a Caxias

Foto de grupo da equipa dos voluntários do projeto Este Espaço Que Habito.
Foto de grupo da equipa de voluntários (incompleta) do projeto Este Espaço Que Habito.

Regressamos ao Centro Educativo Navarro de Paiva, em Lisboa, e ao Centro Educativo Padre António Oliveira, em Caxias, com o projeto “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito”.

Na imagem, alguns elementos da equipa de voluntários do projeto durante a sessão de formação para o trabalho no terreno.

 

 

Primeiros resultados do projeto Este Espaço Que Habito na Guarda

Este espaço que EU habito!!! Imagem estenopeica (pinhole) realizada por um dos jovens participantes no projeto Este Espaço Que Habito no Centro Educativo do Mondego. Guarda, 2015.
Este espaço que EU habito!!! Imagem estenopeica (pinhole) idealizada e realizada por um dos jovens participantes no projeto Este Espaço Que Habito no Centro Educativo do Mondego. Guarda, 2015.

Revelámos os rolos fotográficos, os primeiros resultados do projeto Este Espaço Que Habito no Centro Educativo do Mondego na Guarda já estão disponíveis. No início da próxima semana fazemos a edição e seleção do trabalho realizado.

Apoios ao projeto Este Espaço Que Habito

PosterGeral_EEQH_2015

 

O projeto Este Espaço Que Habito no ano de 2015 já contou com o apoio de diversas entidades, sem as quais não teria sido possível a sua concretização: apoio logístico da Portugália Restauração, da Câmara Municipal do Porto / Teatro Municipal 20Campo Alegre, da Câmara Municipal de Coimbra e do Hipermercado Modelo Continente da Guarda/Grupo SONAE.

Conta ainda com o financiamento do Programa PARTIS, Fundação Calouste Gulbenkian e tem como parceiro institucional o Ministério da Justiça.

MEF REGRESSA À CIDADE DA GUARDA COM “ESTE ESPAÇO QUE HABITO”

Este Espaço Que Habito - Integrar pela Arte
Este Espaço Que Habito – Integrar pela Arte. © Luís Rocha

O MEF regressa ao Centro Educativo do Mondego, na Guarda, com o projeto “Integrar pela Arte – Este Espaço Que Habito”, entre os dias 17 e 27 de Agosto. Durante estes dias, os jovens do centro vão ser desafiados a estabelecer contacto com a fotografia e, ao mesmo tempo, explorar o espaço onde se encontram através de uma nova perspetiva. Para isso, cada um vai construir a sua própria câmara fotográfica em cartolina, uma câmara estenopeica, que lhes vai permitir tirar fotografias através da técnica pinhole.

Depois de construída a câmara, é hora de traçar um plano e escolher os locais a fotografar, para dar origem a uma narrativa fotográfica. Os resultados vão poder ser vistos, mais tarde, numa exposição aberta ao público. Para já, podem acompanhar as diferentes etapas do projeto Este Espaço Que Habito, na página oficial no Facebook.