Arquivo de etiquetas: MEF-Movimento de Expressão Fotográfica

Seis imagens fotográficas!

EEQH2015MEF1Na presente edição do projeto Este Espaço Que Habito, e no seguimento de projectos anteriores dinamizados pelo MEF, pretende-se contribuir para a aquisição de competências sociais por parte dos jovens envolvidos, assim como se tem em conta atividades que explorem a criatividade e a expressão artística através da qual os jovens possam trabalhar o seu autoconhecimento.

EEQH2015MEF2 EEQH2015MEF3 EEQH2015MEF4 EEQH2015MEF5 EEQH2015MEF7

Seis imagens fotográficas estenopeicas (pinhole) realizadas pelos jovens participantes no projeto.

Visita à exposição GÉNESIS de Sebastião Salgado

SebastiãoSalgado_1

O MEF organizou no passado sábado uma visita guiada, em parceria com a Terra Esplêndida, à exposição GÉNESIS de Sebastião Salgado em Lisboa. SebastiãoSalgado_2

O MEF contou com a presença de 30 participantes nesta atividade em torno da fotografia documental.
SebastiãoSalgado_3

Começa hoje o 2º Encontro de Fotografia, Diários de um quotidiano

20150118_hc3a1festanocampo_0212
© Luís Rocha / 1º Encontro “Diários de Um Quotidiano”

Começa hoje mais uma atividade MEF. Diários de Um Quotidiano, um documento fotográfico sobre 4 comunidades: Tânia Araújo e Luís Rocha trazem até às aldeias o projeto “Diários de um quotidiano”, onde se pretende que os participantes no encontro contactem com as populações, através da fotografia, das aldeias do Barbaído, Chão da Vã, Freixial do Campo e Juncal do Campo, de forma a comporem coletivamente um diário do quotidiano dos habitantes destes lugares. Ler mais…

 

Tertúlia Fotográfica com Carlos Muralhas e Nuno Morais

No próximo dia 26 de Fevereiro pelas 19h30m no Cinema City Classic Alvalade uma nova tertúlia fotográfica organizada pelo MEF. Neste dia contamos com os testemunhos de Carlos Muralhas e de Nuno Morais. A moderação da tertúlia é da responsabilidade de  José Oliveira.

Carlos Muralhas irá falar das religiosidades com os Hare Krishna e Candomblé Yorùbá. Interessam-lhe as questões da identidade, particularmente na relação cooperação/competição entre o que nos define como indivíduos com o que nos define como herdeiros de características genéticas e/ou sociais comuns a um grupo. Nesta relação enquadra-se o seu interesse na Fotografia Documental, Fotografia de Teatro e Fotografia de Autor.

Nuno Morais a partir do seu trabalho “A Celebração da Palavra Transubstanciada Na Celebração da Imagem” fruto de um encontro com uma vivência de fé de gentes devotas dá-nos a conhecer uma realidade que normalmente não se vê fotograficamente, imagens construídas a partir de um consentimento conseguido com tempo, imagens que normalmente só são presenciadas por quem tem acesso a uma esfera mais íntima da celebração eucarística e de todo o ritual que a envolve. Na observação deste trabalho obtemos um encontro com uma religião/ritual vivenciada pelo autor que de alguma forma nos poderia estar vedada.

____________

Carlos Muralhas

image

Carlos Muralhas nasceu em Lisboa em 1970 onde vive e trabalha. Desde cedo tem paixão pela fotografia e em 1984 teve o seu primeiro contacto com revelação e câmara escura, mas apenas em 2009 começou a estudar Fotografia. Fez vários workshops de fotografia no MEF e o Curso de Fotografia Aplicada 2009/10. Em 2010 iniciou os seus estudos de Fotografia no ArCo.

__________

Nuno Morais

© Nuno Morais

Nuno Morais nasceu em 1978, em Cascais, onde vive atualmente. Sempre gostou de várias áreas de conhecimento, tendo feito formações diversificadas, mas desde cedo que gosta de espreitar pela máquina fotográfica e fazer o click. Em 2008 dedica-se mais entusiasticamente a esta arte, começando formação no MEF, desde a “iniciação” ao “documental”, passando pelo “avançado”, o “projecto e exposição”, “teatro”, “etnográfica” e outros. Actualmente é membro da direção do MEF onde também colabora como formador e é fotógrafo para a revista online “MUDA magazine” e na companhia de teatro “Byfurcação”.

 

Parceria Cultural Cinema City Classic Alvalade